NEGÓCIOS

Assespro Paraná será um agente de crédito para empresas de TI

Convergência Digital* ... 13/09/2019 ... Convergência Digital

A Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro-PR) agora é correspondente da Fomento Paraná. A entidade está habilitada a intermediar créditos para incentivo a empresas, que variam de 20 mil a 1,5 milhão de reais. Os recursos podem ser repassados para as empresas com faturamento bruto anual entre 360 mil e 16 milhões.

“Esse contrato de credenciamento é um marco importante, pois a Assespro-PR é uma instituição renomada no segmento de tecnologia. Tem bastante capilaridade, muitos associados e, pra nós, essa é uma oportunidade pra trabalharmos em parceria e nos aproximarmos do nosso público-alvo que também são as empresas de base tecnológica”, declarou Heraldo Neves, diretor-presidente da Fomento Paraná.

Heraldo afirmou que a instituição oferecerá produtos e linhas importantes para o desenvolvimento e manutenção de empresas de base tecnológica a preços justos. E contou que há a possibilidade de customização de linhas específicas para essas empresas e também que haja um apoio financeiro por parte da Fomento Paraná em um sentido mais amplo, com participação nos negócios das startups.

“Agora a Assespro torna-se um agente de crédito. A nossa equipe fez cursos de formação e treinamentos dentro da Fomento Paraná, que são requisitos obrigatórios, e passa a poder atender os nossos empresários em todo o processo para a liberação do crédito. A partir da própria Assespro-PR serão colocadas as propostas para avaliação da Fomento”, explica Adriano Krzyuy, presidente da Assespro-PR.

A Assespro-PR, como Correspondente, fará o contato e o acompanhamento com clientes; captação de propostas de operações de crédito; recepção e encaminhamento de propostas; cadastramento e acompanhamento da análise da operação; e coleta e envio de dados que comprovem a realização do objeto financiado. E poderá ofertar linhas de crédito exclusivas aos associados.


TJ/SP autoriza Banco do Brasil a fechar contas-corrente da Mercado Bitcoin

Tribunal entendeu que não houve abuso de direito, nem indícios de violação à legislação concorrencial ou mesmo de ofensa à boa-fé por parte da instituição financeira com a corretora de criptomoedas.

SAP Brasil: quem tem de cuidar dos dados são as empresas

"É um novo momento para a sociedade e as corporações precisam se preparar", diz a presidente da SAP Brasil, Cristina Palmaka.

Embratel: sete entre 10 clientes questionam se a LGPD vai 'pegar'

“A nova legislação de proteção de dados vai 'pegar' porque as pessoas exigem. Quem começar agora já está atrasado e tem muita empresa ainda em avaliação",  adverte a diretora executiva para governo da Embratel, Maria Teresa Lima. 

Meios de pagamento: CADE amplia investigação para Itaú e Rede

Autarquia adotou medida preventiva para evitar prejuízos à concorrência decorrentes de possível venda casada em campanha oferecida pela Rede. Mercado está em ebulição e há disputas judiciais em curso.


3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018 - Cobertura Especial Convergência Digital
Brasscom lança manifesto para construir um Brasil Digital e Conectado

Entidade quer a colaboração da sociedade e de entidades de TI ou não para entregar um documento aos presidenciáveis. "Tecnologia precisa ser prioridade nacional", diz o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.


Veja a cobertura da 3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018

  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G