Clicky

Home - Convergência Digital

Telefônica escolhe IBM para RAN aberto na Argentina

Convergência Digital - 29/03/2021

A Telefônica se uniu à IBM para implantar uma rede móvel RAN Aberto na Movistar da Argentina. A infraestrutura vai atender 81 mil habitantes na cidade argentina de Puerto Madryn, como piloto para testar a tecnologia.

A fabricante norte-americana liderou a integração de sistemas e permitiu uma implementação ponta a ponta, reunindo componentes e sistemas de vários fornecedores de software e hardware, incluindo Alitostar, Red Hat, GigaTera e Kontron.

De acordo ainda com a IBM, a parceria com a Telefônica provou “a confiança da indústria de telecomunicações” na sua experiência como integradora de sistemas. A IBM quer ser uma integradora de sistemas para telecom e já firmou parcerias 5G com AT&T e Samsung e montou um Centro de RAN Aberto na Europa, para atuar mais perto das operadoras do continente, além da Telefônica, que fechou um acordo com a Vodafone e com a Deutsche Telekom para fomentar o RAN Aberto.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

18/06/2021
Open RAN Brasil: certificação deve ser global e não pela Anatel

18/06/2021
TIM Brasil: 5G Standalone prepara o caminho para o Open RAN 5G

18/06/2021
Open RAN é oportunidade para Brasil em software e equipamentos de rádio

18/06/2021
Sem móvel, Oi quer ser provedor de Open RAN na infraestrutura

18/06/2021
Red Hat: para ser cloud nativa, uma tele precisa mais do que transformação digital, precisa de nova cultura

18/06/2021
Teles pressionam para 'quebrar' standard e provocam colapso em TI e Telecom

17/06/2021
Anatel quer usar Funttel, mas não prevê regras sobre Open RAN

17/06/2021
Criado para 5G, Open RAN começa no Brasil com 4G da Algar

16/06/2021
É hora de cumprir a promessa do 5G

15/06/2021
Ministro das Comunicações ataca teles por causa do 5G DSS

Destaques
Destaques

IBM: Com 5G e Edge, redes das teles serão plataformas definidas por software

Só assim as operadoras de telecomunicações vão ser capazes de suportar as novas aplicações e terão como monetizar volumes crescentes de dados habilitados para o 5G e edge aponta estudo global da IBM, conta a líder de serviços de consultoria para a indústria de mídia e Telecomunicações da IBM América Latina, Marisol Penante.

GSMA faz ofensiva para reverter decisões a favor do Wi-Fi na faixa de 6GHz

Associação da indústria móvel admite, porém, que os países, na sua maioria, estão decidindo por dar a faixa de 6GHz, com 1200 Mhz, para os serviços não-licenciados, mas adverte: o 5G vai precisar de 2GHz de espectro na próxima década para oferecer todo o seu potencial.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Serviços de Valor Agregado são a aposta das teles para lucrar com 5G

Por Luiz Pereira*

Em tempos nos quais o serviço de conexão já virou commodity, companhias do setor precisam diversificar ofertas para aproveitarem nova tecnologia.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site