" /> Mattar: Brasileiros e estrangeiros querem comprar Serpro e Dataprev - Convergência Digital - Governo
GOVERNO

Mattar: Brasileiros e estrangeiros querem comprar Serpro e Dataprev

Convergência Digital* ... 18/02/2020 ... Convergência Digital

O secretário de desestatização do Ministério da Economia, José Salim Mattar Jr, afirmou nesta terça-feira, 18/02, durante evento promovido pelo banco BTG Pactual, em São Paulo, que vem sendo procurado por potenciais investidores brasileiros e estrangeiros, interessados em comprar as estatais de tecnologia da informação, Serpro e Dataprev. 

Segundo Mattar, tanto a Casa da Moeda quanto os Correios têm tido mais propostas de estrangeiros do que de brasileiros. Já o Serviço Federal de Processamento de Dados e Dataprev têm atraído interesse de brasileiros e de estrangeiros.

Ele apresentou dados segundo os quais a venda de ativos públicos alcançou R$ 29,5 bilhões no início deste ano. O valor foi arrecadado com a venda de 20.785.200 ações ordinárias de emissão do Banco do Brasil excedentes ao controle acionário, e a venda das ações detidas pelo BNDESPar na Light e na Petrobras. A meta de desestatizações e desinvestimentos para 2020 é de R$ 150 bilhões, com redução de 300 ativos.

Ele reconheceu que o processo de privatização sofre resistência dos trabalhadores e que a preocupação com os empregos se justifica, ao referir-se as greves na Dataprev e na Casa da Moeda. “Eles estão apreensivos com seus empregos e estamos dialogando. No curto prazo, pode haver realmente um corte, mas no longo prazo há mais investimentos e deve aumentar o número de empregos. Isso aconteceu com a CSN, Vale e Embraer“, afirmou. 

Segundo Mattar, em 2019 foram arrecadados R$ 105,4 bilhões com a venda ou redução de participação em 71 ativos. “Eu encontrei 698 participações do governo em empresas, entre controladas, subsidiárias, coligadas e simples participação", disse.  

* Com informações de Exame e do Ministério da Economia


Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Serviços digitalizados evitaram 65 milhões de visitas a órgãos públicos

A conta é da Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia, que considera atos inteiramente online anteriormente realizados somente com presença física do requerente. 

Suspeita de fraude faz Caixa bloquear 1,3 milhão de CPFs no Auxílio Emergencial

Total de contas bloqueadas responde por cerca de 5% dos pedidos aprovados. Para reativar o benefício, o dono da conta bloqueada terá de ir pessoalmente a uma agência e provar a sua identidade.

ABES: Software cobra transparência do ministério da Economia

Para o presidente da Associação Brasileira de Empresas de Software, Rodolfo Fücher, o veto à prorrogação da desoneração da folha chega em um momento onde a inadimplência aumenta e da falta de crédito.País caiu para 10º no ranking mundial de software.

Bolsonaro surpreende e veta prorrogação da desoneração da folha

Ao sancionar a Lei 14.020/20, presidente descartou manter o benefício até o fim de 2021 para 17 setores, inclusive TI e cal center. “Dispositivos acabam por acarretar renúncia de receita”, anotou na mensagem de veto.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G