Clicky

Home - Convergência Digital

T-Mobile abandona streaming próprio e fecha aliança com Google

Da redação - 30/03/2021

A T-Mobile dos Estados Unidos tomou uma decisão que pode ser considerada surpreendente: abandonou o seu serviço de streaming, recém-ativado, o TVision. O serviço será descontinuado a partir de 29 de abril, depois de um lançamento com toda pompa e circunstância em outubro do ano passado. O CEO da T-Mobile, Mike Sivert, admite que a decisão pode causar espanto ao mercado, mas diz que é preciso saber a hora de investir em inovação.

"Aprendemos muito com os produtos de streaming, e especialmente, sobre os clientes de TV. Acreditamos que nos unir a quem sabe fazer, como a YouTube TV, do Google, é a nossa melhor opção de negócio", sustentou o exeutivo. Como alternativa, a T-Mobile fornecerá aos clientes acesso ao Philo ou ao YouTube TV mais caro por uma taxa com desconto por um período limitado. A operadora vavi manter a oferta do dispositivo de streaming TVision HUB, que se conectará ao conteúdo de parceiros.

A parceria para o YouTube TV é resultado de uma aliança mais ampla com o Google. A T-Mobile decidiu também instalar o Google Messages como seu aplicativo RCS Android padrão e promover o Google One como seu armazenamento em nuvem preferido para serviço de backup.

Os serviços de streaming obtiveram grande crescimento em número de assinaturas, durante pandemia de Covid-19, em detrimento dos serviços de TV por satélite ou cabo. De acordo com pesquisa do Hub Reaserch, 71% dos entrevistados disseram que assinam a Neflix, o que significa um acréscimo de 11% em comparação com fevereiro de 2020.

*Com Mobile World Live

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

30/03/2021
T-Mobile abandona streaming próprio e fecha aliança com Google

13/02/2019
Amdocs: TV paga precisa mudar para sobreviver à nova era do conteúdo

05/02/2019
Sumicity amplia capacidade com DWDM para expandir serviço de IPTV HD

24/08/2018
Sumicity expande fibra óptica para ter IPTV em multitelas

Destaques
Destaques

América Latina se divide sobre uso de ondas milimétricas

Debate com representantes do México, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, Argentina e Brasil mostrou que bandas altas no 5G, como 26 GHz, está longe de unanimidade na região.  Colômbia, que prevê leilão 5G no final do ano, não planeja vender a faixa de 26GHz.

Brasil está fora dos países liberados pela Espanha para o Mobile World Congress

Programado para acontecer de 28 de junho a 01 de julho, o organizador, GSMA, fechou um acerto com as autoridades espanholas para isentar os participantes das restrições impostas às pessoas de fora da União Europeia.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

5G e a expansão da capacidade de inovação

Por Alex Takaoka*

Segurança da informação, interoperabilidade e infraestrutura ocuparão um papel importante na implantação da tecnologia 5G.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site