TELECOM

Consumidores: Banda larga é o serviço com menor satisfação, celular o melhor

Luís Osvaldo Grossmann ... 12/02/2020 ... Convergência Digital

A Anatel divulgou nesta quarta, 12/2, a quinta edição da pesquisa de qualidade percebida dos serviços de telecomunicações. No geral, a agência destaca que os indicadores apresentam curva de melhoria ao longo dos anos, ainda que com distinções por tipo e prestadora. E conclui que os consumidores estão satisfeitos com a qualidade dos serviços, mas apontam que atendimento e resolução de problemas continua sendo o ponto fraco das teles. 

“Os dados mantém a tendência de melhoria dos últimos anos na percepção dos consumidores, mas ela não é uma percepção homogênea entre todos os serviços nem entre todas as operadoras. No agregado, porém, há uma curva de melhoria”, resumiu o conselheiro Carlos Baigorri. 

Os números apontam que a maioria dos indicadores consolidados para os serviços teve melhora na passagem de 2018 para 2019. E que para as 89.063 entrevistadas ao longo do ano passado, a maior satisfação foi com a telefonia móvel pós paga, seguida pela pré paga, telefonia fixa, TV por assinatura e banda larga fixa. 

Na verdade, embora com a melhoria mais discreta, foi a TV paga que perdeu terreno – já foi o serviço mais bem avaliado, sendo primeiro superada pelo celular pós pago e, agora, também pelo pré pago e pela telefonia fixa. E ainda que tenha ficado em último, a banda larga foi a que mais evoluiu na percepção dos consumidores. 

“Destaca-se positivamente o serviço de banda larga fixa, no qual todos os indicadores avançaram. Na ponta oposta, TV por assinatura teve avanço em dois indicadores, com os demais permanecendo estáveis, inclusive o de Satisfação Geral”, aponta o relatório que analisa os dados. 

Para a Anatel, a lanterna da banda larga está diretamente relacionada ao padrão de consumo. “Impacta muito a essencialidade do serviço e o tanto que o consumidor usa ao longo do dia. Banda larga se usa muito e portanto acaba deixando o consumidor menos tolerante com qualquer tipo de problema”, diz o gerente Interações Institucionais, Satisfação e Educação para o Consumo da Anatel, Fabio Koleski.

Não por outro motivo, o serviço de banda larga é o que mais leva os clientes a procurarem as empresas. “O consumidor da banda larga fixa é o que mais precisa falar com a operadora, especialmente para falar de problemas de funcionamento. Nos seis meses anteriores à pesquisa, 60,5% dos consumidores precisaram falar com sua prestadora, muito acima dos demais serviços, que ficam na casa dos 30%”, emenda Koleski. 

Os dados por operadora e por estado podem ser conferidos no site da agência, em www.anatel.gov.br/consumidor. Vale lembrar que com as mudanças no regulamento de qualidade da agência, essa pesquisa passará a ser utilizada não só como termômetro, mas influenciar diretamente a análise regulatória das empresas. A metodologia para isso, no entanto, ainda está em desenvolvimento. Além disso, a Anatel vai começar, em 2021, a dar “selo de qualidade” para as teles a partir desses mesmos resultados. 


Internet Móvel 3G 4G
Hackers elegem WhatsApp e ataques de phishing sobem 124% no mês de março

Aplicativoé o preferido dos cibercriminosos. Entre as principais formas utilizadas para ganhar dinheiro está o envio de mensagens que fazem a vítima baixar apps legítimos (sendo remunerado via programas de afiliação) ou roubam os dados pessoais do usuário para usá-los em outros ataques.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Claro defende troca de streaming por TV e aumenta prazo para inadimplentes

Em carta enviada à Anatel, operadora também promete parcelar dívidas e não cortar o serviço até 10 dias após o vencimento da faturas. Pequenas empresas em dificuldade poderão renegociar caso a caso. 

Oi terá 25 fazendas de energia renovável ainda em 2020

Tele ativou a primeira fazenda de energia solar em Francisco Sá (MG), com capacidade de gerar 350 mil kW/h por mês.

Telefônica/Vivo cede dados de assinantes ao Governo de São Paulo

Dados anônimos servem para identificar se as regras de isolamento social por conta do Coronavírus estão sendo cumpridas.

Indústria de Telecom pede ação urgente das prefeituras por mais antenas

Existem mais de 4 mil pedidos de instalação de antenas aguardando liberação de licenças dos municípios e a demanda por serviços de telecom só fez aumentar com a pandemia do Coronavírus. Dez entidades do setor se uniram para redigir um documento encaminhado para prefeitos do País.




  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G