Clicky

Home - Convergência Digital

Aplicativo Coronavirus SUS registra 340 mil downloads em duas semanas

Convergência Digital - 16/03/2020

Os aplicativos de serviços governamentais atingiram a marca de 20 milhões de downloads desde julho de 2019, segundo dados do Ministério da Economia. Até aqui são 75 aplicativos disponíveis, como a CNH Digital, o Meu INSS e mais recentemente o Coronavírus SUS , ferramenta com informações sobre a Covid-19. O aplicativo desenvolvido pelo Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (Datasus) já conta com mais de 340 mil downloads desde 28 de fevereiro, quando foi disponibilizado nas lojas virtuais.

Segundo a Secretaria de Governo Digital, a conta única da administração federal permite a melhor gestão dos programas, centralizando as informações e facilitando seu aperfeiçoamento. Além disso, oferece  garantias ao usuário de que aquele aplicativo é oficial e confiável. “Para o cidadão, uma plataforma única de governo permite a busca por uma aplicação mais fácil. Ou seja, o usuário encontra tudo em um único ambiente, tornando sua experiência mais simples. Sem falar na chancela de governo, de que aquele aplicativo é seguro”, afirma Joelson Vellozo Júnior, diretor do Departamento de Experiência do Usuário de Serviços Públicos da Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia. 

O Coronavirus SUS, desenvolvido pela área de tecnologia do Ministério da Saúde, é um dos aplicativos disponíveis na loja do Governo do Brasil nas plataformas digitais. O usuário tem acesso a informações sobre prevenção, sintomas e orientações em caso de suspeita de infecção. Pelo serviço de geolocalização, o cidadão sabe qual é a unidade de saúde mais próxima e que pode servir de atendimento.

Em duas semanas, o aplicativo foi baixado 340 mil vezes. Deste total, 220 mil usuários permaneceram com o app instalado em seus dispositivos móveis até a última atualização dos dados (12 de março). A avaliação nas duas principais lojas virtuais supera 80% em satisfação.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

22/01/2021
Receita tem novo app que permite MEI pedir restituições pelo celular

21/01/2021
Governo divulga 350 aprovados como temporários para transformação digital

11/01/2021
Signal e Telegram disparam no Brasil com repasse de dados do WhatsApp ao Facebook

10/12/2020
Transações virtuais do auxílio emergencial superam saques no app Caixa Tem

09/12/2020
Governo adota sistema de duplo fator de autenticação no Gov.br

08/12/2020
LGPD: Governo descobre que coleta muito mais dados do que precisa usar

08/12/2020
Covid-19 foi catalisadora da transformação digital no Brasil

08/12/2020
Brasil requer uma estratégia nacional para suprir falta de profissionais em TIC

08/12/2020
Em um Brasil desigual, governo digital tem de servir para todos

08/12/2020
Governo e TSE negociam uso da biometria para identificação digital

Destaques
Destaques

Uso da faixa de 700 MHz deixa 4G disponível 80% do tempo no Brasil

Segundo a mais recente análise da OpenSignal, TIM tem a rede de quarta geração com maior disponibilidade, 88,2%, à frente da Claro (79%) e Vivo (79,5%), Oi (70,2%). 

Um em cada quatro acessos móveis na América Latina será 5G até 2026

Nova edição do Relatório de Mobilidade da Ericsson aponta que até o final de 2020, mais de 1 bilhão de pessoas ao redor do mundo já estará usando 5G. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Previsões para 5G Core (5GC) e redes móveis em 2021

Por Ivan Marzariolli*

A maioria das teles com 5G escolheu o que é chamado de implementação “não autônoma”.  É um híbrido de 4G e 5G que permite oferecer muitos recursos 5G aos assinantes, enquanto ainda aproveita o investimento existente em seu core de pacote 4G. Operadoras estão ansiosas para aproveitar as vantagens do 5GC (SA ou autônomo) - maior agilidade de serviço e custos mais baixos.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site