Clicky

INTERNET

Google reforça ações contra ‘fake news’ nas eleições, mas só dos EUA

Luís Osvaldo Grossmann ... 03/02/2020 ... Convergência Digital

A Google anunciou nesta segunda, 3/2, reforço em medidas para combater a disseminação de informações falsas em suas plataformas, como Google Ads, Google Play e no YouTube em ano eleitoral. O anúncio, publicado no blog da empresa pela vice-presidente de ‘Confiança e Segurança’ Kristie Canegallo, vale só para as eleições dos Estados Unidos. Para o Brasil, onde igualmente é ano de ir às urnas, mas para eleições municipais, não há nada no horizonte. 

Segundo a postagem da VP, o grupo “desenvolveu políticas que proíbem práticas enganadores e abusivas, como supressão de eleitores e deturpação, em nossos produtos, incluindo Google Ads, YouTube ou Google Play”. Procurada por esta Convergência Digital, a representação da Google no Brasil respondeu que “o anúncio está limitado às eleições americanas. Não temos nada para anunciar em relação às eleições no Brasil por enquanto”. 

De acordo com o anúncio, o YouTube removerá conteúdo que tenha sido tecnicamente manipulado ou engane o usuário sobre o processo de votação ou faça alegações falsas sobre um candidato.

Segundo a agência Reuters, o YouTube também proíbe certos tipos de declarações falsas em anúncios, como informações incorretas sobre procedimentos eleitorais, elegibilidade de candidato político com base na idade ou local de nascimento ou alegações incorretas de que uma figura pública morreu.


Revista Abranet 33 . jan-mar 2021
Veja a Revista Abranet nº 33
A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais impõe a contratação de um DPO (Data Protection Officer), profissional que tende a ficar cada vez mais requisitado e valorizado... Veja a revista completa.
Clique aqui para ver outras edições
Opinião
Audiovisual no Brasil: oportunidades à vista
Por Anna Luiza Pires e Albuquerque de Berredo, Cristiane Sanches e Rosana Muknicka*

HelpSystems mira LGPD e investe em classificação de dados

Finalizada a incorporação dos fornecedores Titus, Boldon James e Vera, a provedora ganha presença nacional e avança no segmento de classificação de informações confidenciais.

Oi oferta 1 Giga atenta a demanda dos clientes no FTTH

Operadora terá duas modalidades de oferta: banda larga + VoIP e banda larga+ IPTV. Objetivo é atrair novos consumidores para a base de clientes, revela Bernardo Winik, VP de clientes da Oi.

Fapesp abre chamada estratégica para Internet de R$ 30 milhões

Podem ser apresentadas propostas em temas como software livre, dados abertos e padrões abertos, entre outras.

Pix precisa avançar na proteção ao consumidor nas compras online

Para não ter dor de cabeça com sites fraudulentos, problemas na entrega ou cancelamento das compras feitas na Internet, o consumidor precisa ter atenção redobrada, adverte o CEO da paySmart, Daniel Oliveira.

Idec cobra ANPD, Senacon e Cade por medidas contra mudanças no WhatsApp

Entidade de defesa do consumidor alega que por não permitir consentimento, nova política de privacidade e termos de uso violam LGPD. Novo modelo da OTT está previsto para vigorar a partir do dia 15 de maio.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G