Clicky

Home - Convergência Digital

Anatel propõe destinação de faixa de 4,84 a 4,94 GHz para banda larga móvel

Luís Osvaldo Grossmann - 06/05/2021

A Anatel vai colocar em consulta púbica a destinação dos 100 MHz na faixa de 4,84 a 4,94 GHz para aplicações multisserviços, ou seja, SMP, SCM, SLP e STFC, mas que notadamente deverão servir para conexões de banda larga móvel. Contribuições serão colhidas por 45 dias.

A medida alinha esse naco do espectro com o uso em outros países, o que significa reduzir parte da banda destinada a aplicações de segurança pública e defesa civil. No lugar desse uso entre 4,91 a 4,99 GHz, tais aplicações ficam com a banda de 4,94 a 4,99 GHz. 

“Vemos necessidades cada vez mais elevadas de espectro. Diante desse cenário, área técnica elaborou proposta para refarming para a faixa de 4,8-4,9 GHz. A faixa está em uso – 4,8 a 4,91 serviço fixo para rádio enlace, e os 80 MHz adicionais são usados pelo Serviço Limitado Privado para aplicações de segurança pública e defesa civil”, apontou o relator do tema, Emmanoel Campelo.

No entanto, “apesar de destinação integral maximizar o uso, os problemas de coordenação seriam demasiadamente complexos, especialmente nos grandes centros”, ressaltou o relator. Em particular, nos serviços satelitais que fazem uso da faixa entre 4,5 a 4,8 GHz. 

Para tanto, a proposta cria uma banda de guarda de 40 MHz – daí a nova destinação começar em 4,84 GHz, e não em 4,8 GHz. Na outra ponta, como mencionado, foi reduzida a fatia de aplicações de segurança pública e defesa civil. Mas a Anatel promete uma longa transição para ajustes que se mostrarem necessários. Nas condições de uso, a proposta prevê canalização em blocos de 5 MHz, em TDD. 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

22/06/2021
Indústria pede e Anatel prorroga consulta sobre 4,8 GHz

18/06/2021
Anatel abre edital para serviços de TI em pregão de R$ 7,7 milhões

17/06/2021
Anatel muda fiscalização e prevê advertência no lugar de multa

14/06/2021
Anatel adota novo procedimento para homologação de produtos

14/06/2021
Anatel abre consulta sobre convivência entre 5G e satélites

07/06/2021
Anatel busca consultoria para implementar acesso dinâmico a espectro

01/06/2021
Anatel apreendeu mais de 1 milhão de produtos piratas entre janeiro e maio

31/05/2021
Anatel: Questionamentos do TCU não impedem leilão do 5G em 2021

28/05/2021
TCU dá 180 dias para Anatel calcular prejuízos da União nas concessões

27/05/2021
Anatel autoriza satélite Viasat 3, que promete internet a 100 Mbps

Destaques
Destaques

Open RAN é para 5G senão vai ter muita confusão entre fornecedores

Há uma determinação que Open RAN é release 16, então o Open RAN não será para o 4G, sustenta o head de tecnologia da Nokia para América Latina, Wilson Cardoso. "Um bite errado, simplesmente não vai funcionar", adverte.

IBM: Com 5G e Edge, redes das teles serão plataformas definidas por software

Só assim as operadoras de telecomunicações vão ser capazes de suportar as novas aplicações e terão como monetizar volumes crescentes de dados habilitados para o 5G e edge aponta estudo global da IBM, conta a líder de serviços de consultoria para a indústria de mídia e Telecomunicações da IBM América Latina, Marisol Penante.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Serviços de Valor Agregado são a aposta das teles para lucrar com 5G

Por Luiz Pereira*

Em tempos nos quais o serviço de conexão já virou commodity, companhias do setor precisam diversificar ofertas para aproveitarem nova tecnologia.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site