Clicky

Convergência Digital - Home

Com AWS, Huawei e Google, Extreme Digital vence pregão de nuvem federal por R$ 65 milhões

Convergência Digital
Luís Osvaldo Grossmann - 06/04/2021

A Extreme Digital Solutions foi habilitada no pregão da nuvem pública do governo federal, apontada como vencedora da disputa com outras 20 empresas com o menor lance, de R$ 65,94 milhões, para o contrato de dois anos como integradora multinuvem para órgãos federais. 

No caso, a proposta inclui as nuvens da AWS, Huawei e Google – o edital exige um mínimo de duas nuvens, fornecidas por empresas com datacenter no Brasil. A empresa passou pela qualificação jurídica, fiscal, trabalhista e econômico-financeira, mas o resultado final ainda está pendente de análise de quatro recursos. 

A habilitação da Extreme Digital Solutions como vencedora da licitação, formalizada na segunda, 5/4, foi questionada pela Claro/Embratel, que é a atual integradora, e que apresentou a segunda melhor proposta no pregão (R$ 71,44 milhões). 

Outras três concorrentes também apresentaram recursos contra a habilitação da EDS, caso da Globalweb, AX4B e Telefônica, terceiro, quarto e sexto melhores lances no pregão, respectivamente: R$ 84,04 milhões; R$ 85,69 milhões e R$ 89,52 milhões. 

Essa é a segunda contratação da nuvem pública do governo federal. A primeira, realizada em 2018, só teve implantação pra valer em 2020 – naquele caso era um contrato de 12 meses, vencido pela Claro por R$ 30 milhões e que chegou a atender 26 órgãos federais. A nova contratação, com o dobro de órgãos públicos na partida, é por dois anos e chegou a ser estimada em R$ 370 milhões. 


Destaques
Destaques

AWS, Huawei e Google são a nova nuvem pública do governo federal

Governo rejeitou recursos de Claro, Globalweb, AX4B e Telefônica, e confirmou vitória da Extreme Digital Solutions, menor lance entre as 20 concorrentes: R$ 65,9 milhões. 

Multicloud está longe de ser simples e exige responsabilidade com a divisão dos dados

As empresas precisam entender que é preciso ter um planejamento e entender o que é preciso, de fato, blindar, e o que é possível perder. "Virtualização não é multicloud", afirma Leonel Oliveira, diretor geral da Nutanix no Brasil.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Cloud é bom, mas quem gerencia?

Edmilson Santana*

Se a nuvem soluciona problemas de um lado, de outro sua operação demanda a formação de um time capaz de traduzir demandas de negócio em continuidade operacional, e isso de forma ágil, produtiva e consistente.

Como a IaaS está alinhada ao seu negócio?

Por Fábio Lucinari*

Cada vez mais é preciso considerar que as opções convencionais de TI tendem a ser ineficientes no trabalho de auxiliar as companhias a se adaptarem às necessidades e aos desafios do cenário atual. Infraestrutura como serviço oferece soluções projetadas sob medida e aprimoram o consumo da área de tecnologia.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site