GESTÃO

Governo usa robôs para responder perguntas pelo Whatsapp

Convergência Digital ... 18/11/2019 ... Convergência Digital

Os chatbots LIA, para o sistema de compras públicas Comprasnet; ISIS, de repasses federais; e DIVA, para diárias e passagens de servidores, agora também respondem a questionamentos por meio do Whatsapp. 

“O foco principal são servidores públicos, mas qualquer cidadão poderá utilizar o canal de atendimento. A medida é inédita no setor público e a estimativa de economia com a adoção da nova tecnologia é de R$ 260 mil por ano”, indica a secretaria de gestão do Ministério da Economia. 

Segundo destaca o secretário Cristiano Heckert, o Brasil é o país com o maior número de usuários de whatsApp, 19,91%. “O WhatsApp é barato, conveniente, acessível na palma da mão e se tornou um instrumento de trabalho”.

Segundo a secretaria, a primeira assistente virtual criada foi a LIA e, dois meses depois, a ISIS. A economia resultante dessas ferramentas é de aproximadamente 50% em relação ao atendimento humano. De março a outubro de 2019 foram realizados 26.524 chamados, com redução aproximada de R$ 92 mil.

A nova robô DIVA dará assistência aos usuários em relação a questionamentos sobre diárias e passagens em deslocamentos a serviço. Antes dessas ferramentas, os atendimentos eram realizados por telefone ou pelo Portal de Serviços do Governo Federal.


Carreira
Parceria oferece 100 mil vagas gratuitas em cursos de programação

Iniciativa da Digital Innovation One e do Sindicato patronal de TI de São Paulo pretende capacitar mão de obra e identificar talentos em tecnologia. Os interessados podem, por exemplo, aprender Javascript, HTML, Reactjs, banco de dados, Python, Git, blockchain e inteligência artificial.

Empresas de software reagem a novo imposto no Rio de Janeiro

Tributo, oriundo do Fundo Orçamentário Temporário (FOT), passaria a valer a partir de 01 de janeiro, mas liminar, concedida à FIRJAN, adiou a cobrança para março. "Legislação é inconstitucional e vamos reagir", diz o presidente do TI Rio, Benito Paret.

Contrato bilionário de serviços na nuvem do TJSP com Microsoft volta à mesa com decisão do STF

Supremo suspendeu uma resolução do CNJ que obriga aos tribunais a adotarem plataforma desenvolvida pelo próprio Judiciário para tramitação eletrônica de processos.

Ministério da Justiça vai usar OTTs de mensagem para mandar intimações

Não está claro se as intimações irão por WhatsApp e Telegram ou por apenas um OTT. Os interessados têm de concordar em receber a intimação pelo celular.

Governo estuda como transferir dados para Serpro e Dataprev pós-privatização




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G