Home - Convergência Digital

Na Alemanha, uso de dados móveis contra Covid-19 apenas com autorização

Convergência Digital* - 31/03/2020

Apesar da pressão do comissário europeu de mercado interno, Thierry Breton, ele mesmo ex-presidente da France Telecom, a Alemanha já avisou que será cautelosa no uso dos dados pessoais da telefonia móvel no monitoramento da Covid-19. 

Em entrevista de rádio nesta terça, 31/3, a ministra da Justiça alemã Christine Lambrecht, disse que no país só serão utilizados os dados se houver autorização voluntária. 

“É realmente uma infração se eu retiver esses dados. Concordo com todos que alegam que há uma chance de quebrar a disseminação da infecção, mas isso só é possível se aqueles que tem os dados em seus celulares móveis o façam voluntariamente”, afirmou a ministra. 

O governo da Alemanha pretende lançar um aplicativo nas próximas semanas que ajude a rastrear as infecções pelo coronavírus, a partir de um amplo consenso político de adoção do uso dos dados móveis, depois de experiências bem sucedidas em países como Cingapura e Coreia do Sul. 

* Com informações da Reuters

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

14/07/2020
Bolsonaro amplia prazo de redução de salários frente à Covid-19

13/07/2020
Venda digital aumentou 800% no Burguer King com Covid-19

13/07/2020
Receita: está na hora de voltar a acertar as contas com o governo

13/07/2020
Justiça manda Dataprev e Caixa mudarem sistema do Auxílio Emergencial

09/07/2020
Contadores processam Caixa por falhas no sistema do FGTS prorrogado

09/07/2020
Videoentrevistas gratuitas foram usadas em 501 processos seletivos em função da Covid-19

06/07/2020
IA Carol, da TOTVS, liderou força-tarefa por soluções no combate à Covid-19

01/07/2020
Covid-19: ativado o primeiro repositório de dados abertos do Brasil

30/06/2020
Tecnologia foi um dos setores que mais demandou contratação de temporários

29/06/2020
Apenas 15% das PMEs conseguiram crédito durante pandemia de Covid-19

Destaques
Destaques

Tempo é um luxo que o Brasil não tem para fazer o 5G

Pesquisa da Omdia, ex-Ovum, em parceria com a Nokia, mostra que, nos próximos 15 anos, o 5G vai gerar R$ 5,5 trilhões para o País, sendo o governo beneficiado com o adicional de quase R$ 1 bilhão em receita com os serviços 5G.

Covid-19 fez smartphone virar agência bancária com 41% das transações financeiras

As transações bancárias feitas por pessoas físicas pelos canais digitais foram responsáveis por 74% do total de operações analisadas em abril, revela a Febraban.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site