TELECOM

Google cancela serviço que identifica pontos fracos na rede celular

Convergência Digital ... 20/08/2019 ... Convergência Digital

O Google encerrou um serviço que mostrava a operadoras de telefonia móvel pontos fracos em sua cobertura de rede, disseram pessoas familiarizadas com o assunto à agência Reuters, por causa de preocupações da empresa de que o compartilhamento de dados de usuários de seu sistema operacional Android possa atrair o escrutínio de usuários e reguladores. 

O fechamento do serviço, que não foi relatado anteriormente, decepcionou as operadoras de telefonia móvel que usavam os dados como parte de seu processo de tomada de decisão sobre onde estender ou atualizar sua cobertura. Mesmo que os dados tenham sido anônimos e o compartilhamento tenha se tornado comum, a iniciativa do Google ilustra como a empresa tem se preocupado em não chamar a atenção em meio a um foco acentuado na privacidade de dados em grande parte do mundo. 

O serviço Mobile Network Insights do Google, lançado em março de 2017, era essencialmente um mapa mostrando as intensidades de sinal e as velocidades de conexão das operadoras que estavam chegando em cada área. 

O serviço foi fornecido gratuitamente às operadoras e fornecedores e os ajudavam a gerenciar as operações. Os dados vieram de dispositivos que executam o sistema operacional Android, do Google, que está presente em cerca de 75% dos smartphones do mundo, tornando-se um recurso valioso para o setor. 

Ele usava dados apenas de usuários que optaram por compartilhar com o Google o histórico de localização, o uso e diagnósticos do dispositivo. Os dados eram agregados, o que significa que eles não vinculavam explicitamente nenhuma informação de nenhum usuário. Incluía dados relativos ao próprio serviço da operadora e das concorrentes, que não eram identificados pelo nome. 

No entanto, o Google encerrou o serviço em abril devido a preocupações com privacidade de dados, disseram à Reuters quatro pessoas com conhecimento direto do assunto. 

A porta-voz do Google Victoria Keough confirmou a mudança, mas se recusou a elaborar, dizendo apenas que as “prioridades de produto” estão por trás da decisão. O aviso do Google às operadoras quando o serviço foi encerrado não especificou um motivo, disseram duas das quatro pessoas à Reuters. 

“Trabalhamos em um programa para ajudar parceiros de telefonia móvel a melhorar suas redes por meio de métricas de desempenho agregadas e anônimas”, disse Keough. “Continuamos comprometidos em melhorar o desempenho de rede em nossos aplicativos e serviços para os usuários”. 


Internet Móvel 3G 4G
App permite ao MPDFT concluir inventário de bens móveis em sete dias

Ferramenta, desenvolvida internamente e instalada nos celulares dos servidores públicos, permitiu localizar e catalogar, em tempo recorde, 34.378 itens em todas as unidades da instituição. Até então, o prazo médio do trabalho era de três meses.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Consumidores reclamam de proposta da Anatel que reduz conselho de usuários

Idec e Coalizão Direitos na Rede apontam que novo regulamento do Cdust prevê apenas um conselho nacional por operadora, no lugar dos 30 regionais atuais. E que agência suspendeu eleição com 300 mil votos. 

Projeto que torna roaming obrigatório passa na CCT da Câmara

Medida, que na prática já é prevista em leilões de espectro, vale somente para Vivo, Claro, Tim e Oi. 

STF nega recurso e TIM vai pagar multa de R$ 1 milhão por “Ilimitado” e “Liberty”

Em ação iniciada ainda em 2012, Ministério Público do DF reclamou de publicidade enganosa e restrições unilaterais nos contratos. Em nota, TIM “reitera o compromisso com a transparência das suas ofertas de planos e serviços”. 

Bolsonaro: Nova Lei de Telecom é uma oportunidade ímpar de mudar o Brasil

Governo realizou uma solenidade no Palácio do Planalto para marcar a sanção do novo marco legal. Ministro Marcos Pontes e representantes do setor participaram da cerimônia.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G