TELECOM

Oi adequa plataforma de gerenciamento, que conta com IA do Watson da IBM, à LGPD

Convergência Digital* ... 30/08/2019 ... Convergência Digital

A Oi atualizou a sua solução Mobile Device Management (MDM) que realiza o gerenciamento e a segurança de dispositivos móveis para o mercado corporativo, o Oi Gestão Mobilidade 2.0. Com upgrade, a plataforma traz uma camada de serviços especializados como treinamentos, suporte na configuração de políticas e instalação, e atuação em conformidade à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), incorporando conceitos de segurança, monitoramento e gestão remota de smartphones, tablets e respectivos aplicativos. O lançamento do Oi Gestão Mobilidade 2.0 para grandes empresas é uma parceria entre a operadora e a integradora NAVITA, com a utilização da plataforma IBM Maas360.

Desenvolvido para proteger, monitorar e gerenciar dispositivos móveis, o Oi Gestão Mobilidade 2.0 permite a criação de políticas de gerenciamento baseadas no perfil do colaborador, aumentando a segurança e produtividade do uso dos equipamentos, e dos serviços de dados. Além disso, a solução possibilita a visibilidade uniforme de todos os dispositivos, sendo corporativos ou pessoais, e não se restringe à operadora, proporcionando o máximo dos benefícios da mobilidade e segurança. A plataforma ainda conta com a Inteligência Artificial da IBM (Watson), que fornece insights para a melhor gestão e segurança do ambiente corporativo. A solução é oferecida como serviço em nuvem, com cobrança fixa mensal por device e com a possibilidade da contratação de aparelhos e chips, com suporte técnico da Oi.

“Segundo a pesquisa de riscos em segurança de TI Corporativa da Kaspersky Lab e B2B International, 51% das empresas concordam que o aumento do número de dispositivos usados em suas organizações faz com que o gerenciamento da segurança desses aparelhos móveis seja mais difícil. E é para atender essa demanda que evoluímos com a nossa solução, não nos restringindo ao ambiente Oi. Nosso produto independe da operadora utilizada pelo cliente”, diz Rodrigo Shimizu, diretor de Marketing Corporativo da Oi.


Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Aloo Telecom: Brasil precisa de um cadastro único de redes de fibra ótica

O crescimento das redes de fibra ótica é desorganizado e faltam informações disponíveis para definir onde investir e maximizar os recursos, afirma o CEO da operadora, Felipe Cansanção. Aloo Telecom analisa a participação no leilão 5G. "Nunca se vendeu tanta capacidade de espectro", adiciona o CEO.

Ufinet, da Enel, entra no mercado de rede neutra no Brasil

Chairman da empresa, Stefano Lorenzi,  assegura que Ufinet não terá vantagem no uso dos postes por ter a distribuidora elétrica como uma das acionistas. "Vamos competir igual com os outros", diz.

Falta um orquestrador para resolver o conflito do uso dos postes

"Não é falta de lei. Não é falta de resolução. É falta de agenda prioritária. Falta uma orquestração efetiva para se tentar resolver o problema", diz o diretor de estratégia e regulatório da Algar Telecom, Renato Paschoareli.

Abranet: Revisão do marco de telecom tem que abrir espaço para voz no SCM

Entidade diz que a revisão do marco legal de telecom exige uma avaliação do mercado de telefonia no Brasil, com ajustes regulatórios capazes de abrir o segmento aos prestadores de SCM, com recursos de numeração e sistemas de áreas de tarifação nos moldes da telefonia celular.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G