Home - Convergência Digital

SESI/São Paulo incorpora programação e robótica à grade curricular

Convergência Digital - 23/01/2020

As aulas na rede escolar do Serviço Social da Indústria (SESI-SP) iniciam na próxima segunda-feira, 27 de janeiro. Para o ano letivo de 2020, o SESI-SP recebeu 72.479 inscrições, uma média de 6 a 7 candidatos por vaga. Desses, foram 1745 interessados na Educação Infantil; 60433 no Ensino Fundamental I e II; e 10301 no Ensino Médio oferecido na instituição.

Uma novidade relevante: a inclusão de aulas de programação e robótica para todos os estudantes é uma das apostas da rede para 2020. Isso porquê, alinhada a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a instituição quer intensificar o ensino por meio de práticas inovadoras, equitativas e tecnológicas.

Distribuídas em diferentes séries, também vão compor o currículo Práticas Filosóficas, a fim de estimular o diálogo, o debate, o autoconhecimento e a interação; Práticas Sociais e Culturais, numa abordagem de aprendizagem baseada em projetos (Project-Based Learning - PBL); e Cultura Corporal Esportiva que, por meio dos esportes e de seus valores, visa ampliar e estimular as vivências corporais desses estudantes.

Das 9.239 vagas abertas para o Ensino Fundamental I e II, 7.374 foram preenchidas por ingressantes do 1º ano, série que recebeu 42.057 inscrições. Para o Ensino Médio, foram abertas 1.257 vagas. Em 2020, a rede escolar composta por 144 escolas localizadas em 112 municípios do Estado de São Paulo, vai receber cerca de 95 mil estudantes, entre veteranos e novos alunos. Já em seu quadro docente, o SESI-SP contará com cerca de 4 mil professores.



Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

26/05/2020
Carrefour vai qualificar gratuitamente 25 mil profissonais de TI

22/05/2020
Santander Coders oferece 240 bolsas para desenvolvimento mobile

15/05/2020
Mais de 10 mil mulheres estão inscritas para o Santander Coders

15/04/2020
Pandemia de Covid-19 promove uma corrida por programadores em Cobol

25/03/2020
Instituto TIM oferece cursos online e gratuitos para capacitação

28/01/2020
TypeScript, Go, Kotlin: qual dessas você quer usar para programar?

23/01/2020
SESI/São Paulo incorpora programação e robótica à grade curricular

16/01/2020
Parceria oferece 100 mil vagas gratuitas em cursos de programação

12/12/2019
Escola de programação no Brasil só cobra depois do aluno receber o primeiro salário

03/12/2019
Programadores: os talentos mais caçados no Brasil

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Seis dicas para formar uma equipe de trabalho resiliente

or Craig Mackereth*

Formar uma equipe ou força de trabalho resiliente não é tarefa que se execute da noite para o dia. Tampouco é possível tornar uma equipe verdadeiramente resiliente se isso ainda não estiver integrado ao DNA da empresa.

Destaques
Destaques

Teletrabalho: medo de perder emprego cria obrigação de ficar 100% online

Pesquisa do LinkedIn aponta que 68% dos brasileiros têm trabalhado de uma a quatro horas a mais por dia por conta de estarem em home office. Maior parte reclama de ansiedade e estresse. Maioria também reclama da ausência dos colegas de trabalho, mas 43% se sentem mais produtivos com o trabalho remoto.

TST suspende demissões na Dataprev enquanto durar crise da Covid-19

Trabalhadores alegaram que os prazos acordados no fim da greve não terão como ser integralmente cumpridos diante da situação emergencial com a epidemia do coronavírus. 

TST: Teletrabalho tem de respeitar os contratos vigentes

Corte aponta, no entanto, que em situações emergenciais, como a atual crise da Covid-19, a adoção da jornada online temporária prescinde formalização, mas deve respeitar leis trabalhistas. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site