Clicky

Convergência Digital - Home

Itaú: Pix nasceu na nuvem e acelerou ida de sistemas de pagamentos para cloud

Convergência Digital
Luís Osvaldo Grossmann - 02/12/2020

Ao apresentar a parceria de longo prazo com a AWS e os planos de migração para nuvem nesta quarta, 2/12, o diretor executivo de tecnologia do Itaú Unibanco, Ricardo Guerra, destacou que a ideia é migrar tudo o que envolve serviços a clientes. E que alguns deles, como é o caso do recém-lançado sistema de pagamentos instantâneos, Pix, já nasceram em cloud. 

“O Pix nasceu diretamente na nuvem. Quando chegou a normativa [do Banco Central] a gente já julgava que tinha maturidade para lançar nativo na nuvem. Temos lançamentos críticos, há uma serie de interconexões com a plataforma legada, mas o core, o motor transacional e a perspectiva do cliente no Pix está em cloud”, explicou Guerra. 

Maior banco privado do país, o Itaú firmou um contrato de 10 anos com a AWS. E o plano é ir levando os conteúdos para a nova plataforma com prioridade para aqueles serviços mais diretamente ligados aos clientes, assim como aqueles que geram dados. 

“Nossa plataforma de pagamentos está em plena migração, até pelo lançamento do PIX no Brasil. Então ela tem necessidade de ir para cloud. Nossa plataforma de cartão de crédito também, o que deve levar um ou dois anos. A plataforma de adquirência já roda em cloud. Tudo o que fala mais com o cliente, como a plataforma de investimentos, a maioria dos negócios, têm no radar o que precisa ir mais rápido para a nuvem, e vamos continuar planejando isso à medida que as coisas forem acontecendo", completou o executivo.


Ministério da Justiça escolheu nuvem da Oracle para atender ao consumidor

"A nuvem nos abre um novo catálogo de possibilidades para serviços", afirma o coordenador geral de infraestrutura e serviços do Ministério da Justiça, Leonardo Greco. Serviço consumidor.gov.br migrou para a Oracle no final de maio.

Icatu Seguros: mudar atendimento ao cliente para a nuvem foi decisão irreversível

Seguradora contratou a CXone, da NICE, para migrar, em tempo recorde, os seus funcionários para o trabalho remoto. "Tínhamos de não perder a qualidade e a eficiência e adaptar o serviço ao dia a dia das casas dos colaboradores", conta o diretor de Marketing e canais, Rafael Caetano.

Destaques
Destaques

Brasil investe muito pouco em Inteligência Artificial

O aporte previsto no País é de R$ 70 milhões, muito abaixo, por exemplo do que está sendo feito em países como China, Coreia e Espanha, lamentou o consultor de IA, Eduardo Prado, ao participar do 5x5 TecSummit. Ele advertiu que a transformação digital não acontecerá sem que se mexa nas cabeças das pessoas.

AWS: Nuvem reduz custos em 61% e aumenta eficiência da TI em 74%

O diretor geral da AWS Brasil, Cleber Morais, enfatiza que 2020 foi o ano da disparada na transformação digital e destaca que as instituições financeiras da América Latina estão investindo 76% acima do ano passado em IaaS, PaaS e SaaS. 



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O desafio de administrar toda a rede a partir da nuvem

Por Ed Solis*

De acordo com a consultoria Omdia, o mercado de redes gerenciadas em nuvem cresce a uma taxa anual composta de 28,7%, com receitas de equipamentos previstas em US$ 5,5 bilhões

Como controlar os gastos em nuvem pública?

Por Srinivasa Raghavan*

Se as empresas obtiverem melhor visibilidade do custo de cada serviço em nuvem que utilizam, poderão encontrar o equilíbrio certo entre eles, reduzir as despesas operacionais e obter o melhor valor possível da nuvem.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site