Home - Convergência Digital

Empresa de cibersegurança oferece cursos on-line gratuitos no Brasil

Da redação - 26/06/2020

A Check Point fechou parceria com a Coursera , uma plataforma de aprendizado on-line líder mundial com mais de 62 milhões de alunos. A parceria oferecerá uma série crescente de cursos e conteúdo de cibersegurança da Check Point para profissionais de segurança e rede.

A série de cursos Check Point Jump Start já está disponível na plataforma Coursera, incluindo o Brasil. O objetivo destes cursos é aprimorar os administradores de segurança e TI em ciberameaças, bem como em orquestração da segurança (tecnologia que integra diversas ferramentas e sistemas de segurança) e gerenciamento em redes corporativas de médio e grande portes. Em breve, a série será ampliada com disponibilidade de cursos de segurança na nuvem voltados para especialistas em DevOps e DevSecOps.

A parceria com a Coursera destaca ainda mais o compromisso da Check Point em prover educação e treinamento contínuos aos profissionais que já trabalham em cibersegurança, bem como àqueles que desejam iniciar uma carreira no setor. Pesquisas recentes mostram que o número atual de posições de cibersegurança não preenchidas no mercado é de 4,07 milhões de profissionais em todo o mundo, em comparação aos 2,93 milhões no ano passado.

"Se quisermos fechar a lacuna global de profissionais com habilidades em cibersegurança, precisamos facilitar o acesso a materiais de aprendizagem aos profissionais e estudantes para ajudá-los a expandir seus conhecimentos em seu próprio ritmo e de acordo com suas necessidades", diz Shay Solomon, diretor de treinamento de desenvolvimento de negócios da Check Point Software Technologies.

A Check Point também oferece treinamento em CloudGuard Cyber-Range . Esses cursos promovem treinamento imersivo em cibersegurança em ambientes simulados por meio da plataforma flexível em nuvem Cyber Range, proporcionando um ambiente de aprendizado envolvente e de gamificação. O treinamento é totalmente adaptável às necessidades dos usuários com "debriefing" (ferramenta para potencializar a aprendizagem por meio da experiência) integrado e rastreamento de progressão.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

16/09/2020
ACSoftware oferece 10 bolsas para capacitação profissional na Trilha DevOps da Jornada Learning

15/09/2020
Dell e IOS abrem cursos gratuitos para jovens e pessoas com deficiência em Campinas, RJ e Porto Alegre

14/09/2020
Estação Hack do Facebook abre 19 mil vagas gratuitas para curso de empregabilidade e inovação

10/09/2020
Meta oferece 350 vagas para TI. 21 delas para fora do Brasil

08/09/2020
CESAR School de Manaus abre inscrições para pós-graduação em Testes Ágeis

04/09/2020
Um em cada cinco servidores públicos será substituído por robô no Brasil

31/08/2020
CESAR abre inscrições para capacitação a distância em TI

24/08/2020
Contratações de pessoal cresceram 34% em julho

21/08/2020
SAP investe R$ 7 milhões em certificações gratuitas para jovens em TI

10/08/2020
Cursos de IoT e de computação em nuvem chegam à HSM University Code School

Cientista de dados: seja investigativo, analítico e curioso

Não há um perfil delimitado para o cientista de dados, o que significa que ele pode ser um 'profissional mais rodado e experiente' ou uim jovem recém-saído das universidades. Mas há um ponto essencial: a multidisciplinaridade, aponta o professor e especialista em ciência de dados do Instituto de Gestão e Tecnologia da Informação (IGTI), João Carlos Barbosa.

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Futuro sem aposentadoria – qual a saída?

Por luis Macedo*

O futuro financeiro nunca foi tão incerto. A aposentadoria "oficial", pelo INSS, fica cada vez mais distante para muitas pessoas, especialmente porque o mundo do trabalho mudou. Uma alternativa para uma parcela significativa da população que não tem carteira assinada são os fundos de previdência. O problema, no entanto, é a infinidade de fundos que existem.

Destaques
Destaques

Um em cada cinco servidores públicos será substituído por robô no Brasil

A Escola Nacional de Administração Pública estima que, por conta da Transformação Digital, a automação deverá substituir cerca de 100 mil postos de trabalho no Serviço Público Federal nos próximos cinco a 10 anos, sendo que a metade deles terá menos de 50 anos.

Acordo trabalhista em Goiás será pago em Bitcoins

Em conciliação realizada pelo TRT de Goiás, empresa de mineração aceitou o pagamento no valor de R$350 mil convertidos na moeda eletrônica. 

Teletrabalho: Novo PL quer acordo prévio para custos com Internet e PCs

Iniciativa também não permite que o tempo de uso dos aplicativos, como o WhatsApp, fora da jornada normal, seja um regime de prontidão. Projeto tem regras distintas da IN 65 do Governo Bolsonaro para os servidores públicos.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site