Clicky

Convergência Digital - Home

Microsoft derrota AWS e fica com contrato mais cobiçado de nuvem dos EUA

Convergência Digital
Convergência Digital - 28/10/2019

A Microsoft ganhou um contrato do US$ 10 bilhões do Pentágono para computação de nuvem, informou o Departamento de Defesa, vencendo a Amazon Web Services, que era considerada favorita, segundo a agência Reuters.

O processo de licitação vinha sendo marcado por alegações de conflito de interesse, atraindo até a atenção do presidente Donald Trump, que publicamente atacou a Amazon e seu fundador, Jeff Bezos.  Trump disse em agosto que seu governo estava revendo a proposta da Amazon após reclamações de outras empresas. 

O contrato da Nuvem de Infraestrutura de Defesa Corporativa Conjunta (JEDI, sigla em inglês) faz parte de uma modernização digital mais ampla do Pentágono, com o objetivo de torná-lo mais ágil tecnologicamente. Especificamente, o objetivo da JEDI é dar ao Exército melhor acesso a dados e à nuvem a partir dos campo de batalha e outros locais remotos. 

Em um comunicado, um porta-voz da Amazon Web Services (AWS) disse que a empresa estava “surpresa pela conclusão” do processo de escolha. A AWS está considerando opções para apelar do resultado, disse uma pessoa familiar ao assunto à Reuters. 

A licitação conduzida pelo Departamento de Defesa dos EUA também é questionada na Justiça pela Oracle, uma das empresas desqualificadas durante o processo, ao lado da IBM, restando somente MS e AWS na disputa. O contrato é de 10 anos. 


Ministério da Justiça escolheu nuvem da Oracle para atender ao consumidor

"A nuvem nos abre um novo catálogo de possibilidades para serviços", afirma o coordenador geral de infraestrutura e serviços do Ministério da Justiça, Leonardo Greco. Serviço consumidor.gov.br migrou para a Oracle no final de maio.

Icatu Seguros: mudar atendimento ao cliente para a nuvem foi decisão irreversível

Seguradora contratou a CXone, da NICE, para migrar, em tempo recorde, os seus funcionários para o trabalho remoto. "Tínhamos de não perder a qualidade e a eficiência e adaptar o serviço ao dia a dia das casas dos colaboradores", conta o diretor de Marketing e canais, Rafael Caetano.

Destaques
Destaques

Brasil investe muito pouco em Inteligência Artificial

O aporte previsto no País é de R$ 70 milhões, muito abaixo, por exemplo do que está sendo feito em países como China, Coreia e Espanha, lamentou o consultor de IA, Eduardo Prado, ao participar do 5x5 TecSummit. Ele advertiu que a transformação digital não acontecerá sem que se mexa nas cabeças das pessoas.

AWS: Nuvem reduz custos em 61% e aumenta eficiência da TI em 74%

O diretor geral da AWS Brasil, Cleber Morais, enfatiza que 2020 foi o ano da disparada na transformação digital e destaca que as instituições financeiras da América Latina estão investindo 76% acima do ano passado em IaaS, PaaS e SaaS. 



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O desafio de administrar toda a rede a partir da nuvem

Por Ed Solis*

De acordo com a consultoria Omdia, o mercado de redes gerenciadas em nuvem cresce a uma taxa anual composta de 28,7%, com receitas de equipamentos previstas em US$ 5,5 bilhões

Como controlar os gastos em nuvem pública?

Por Srinivasa Raghavan*

Se as empresas obtiverem melhor visibilidade do custo de cada serviço em nuvem que utilizam, poderão encontrar o equilíbrio certo entre eles, reduzir as despesas operacionais e obter o melhor valor possível da nuvem.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site