Home - Convergência Digital
Veja mais
Veja mais

Harlen Duque, de Minas, assume SUCESU nacional

Da redação - 10/03/2020

O empresário mineiro, Harlen Duque, que é o atual presidente-executivo da Sucesu Minas, foi eleito por unanimidade para assumir o comando da SUCESU Nacional no biênio 2020/2021. O executivo definiu duas prioridades: unificar os processos da entidade e ampliar o leque de ofertas nacionais.

“A grande missão da Sucesu é promover o mercado de tecnologia por meio de eventos de conteúdo e relacionamento, conectando quem produz tecnologia e quem as consome. Nos últimos tempos, o leque de quem consome essas soluções aumentou, e hoje precisamos interagir com as mais variadas áreas, tais como Recursos Humanos, Direito e Marketing. Por isso, vamos atuar na padronização e unificação das ofertas em nível nacional, tendo como base o trabalho que desenvolvemos em Minas Gerais, para que os associados de todo o país tenham as mesmas experiências permeadas pela qualidade e pela inovação”, destaca.

Harlen Duque pretende abrir uma frente de trabalho para estabelecer proximidade da Sucesu Nacional com os órgãos governamentais que têm poder de decisão no que tange ao uso da tecnologia no dia a dia dos brasileiros. “Temos em discussão no momento a lei das startups e a LGPD, que vão mexer bastante com a economia e com o dia a dia dos brasileiros. Como defensora dos interesses dos usuários comuns e também de seus associados, é importante que a Sucesu participe de discussões relativas às leis que regulamentam o uso de tecnologias em nosso país”, declara.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Muito além do modismo. Muito prazer, Python!

Por Guilherme Lima*

Além de aumentar a produtividade do desenvolvedor, muitas vezes, a linguagem Python vai além de linguagens compiladas ou estaticamente tipadas, como C, C ++ e Java. É importante lembrar que o código Python tem, normalmente, de um terço a um quinto do tamanho do código C ++ ou Java, por exemplo. Isso significa que há menos para digitar, depurar e menos para manter após o fato.

Destaques
Destaques

Na liderança, curiosidade insana e coragem impactam mais que a competência

Vice-presidente para setor público na AWS, Teresa Carlson, e Indra Nooyi, membro do board da Amazon e ex-CEO e chairman da PepsiCo, admitiram que a Covid-19 tem provocado crises existenciais em muitas pessoas e que, há, sim, um forte e um injusto desequilíbrio para as mulheres.

Média salarial de profissional de TI no Brasil ficou em R$ 4.849,00

Pesquisa nacional, realizada pela Assespro-Paraná e pela UFPR, mostra a desigualdade econômica do país. No Nordeste, em Sergipe, a média salarial é de apenas R$ 1.943.00. Em São Paulo, essa média sobe para R$ 6.061,00. Outro ponto preocupante: a diferença salarial entre homens e mulheres segue acima de dois dígitos.

Certificação é critério de seleção para encarregado de dados

Ainda que a LGPD não exija qualificação específica, o mercado busca profissionais com conhecimento na área. Formação pode custar até R$ 6 mil, observou Mariana Blanes, advogada e sócia do Martinelli Advogados, ao participar do CD em Pauta.

Teletrabalho: sem regulamentação, sem direitos, sem deveres, sem regras

Depois da nota técnica do MPT alertando para o direito à desconexão, Congresso tenta acelerar a votação dos PLs que tratam do tema, entre eles o PL 3915/20. O tema é complexo. IN 65, do governo federal, repassa os custos com tecnologia para os servidores no home office.

Ministério Público: Teletrabalho exige direito à desconexão

Ministério Público do Trabalho elaborou uma nota técnica direcionada para as “empresas, sindicatos e órgãos da administração pública”.  Na orientação, sugere a adoção de etiqueta digital para orientação de patrões e empregados.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site