INOVAÇÃO

Startups geraram emprego e receita na Covid-19, mas receberam não no acesso ao crédito

Convergência Digital ... 20/07/2020 ... Convergência Digital

Uma pesquisa realizada pelo Sebrae mostrou que o nível de inovação dos pequenos negócios fez toda diferença na dimensão do impacto econômico causado pela pandemia do novo coronavírus. Enquanto 87% dos pequenos negócios convencionais registraram queda de faturamento durante a crise, as perdas foram menos significativas entre as empresas essencialmente inovadoras (startups), onde 68% dos negócios verificaram perda de receita.

A mesma pesquisa apontou que 13% dos pequenos negócios inovadores conseguiram aumentar o faturamento apesar da crise. O resultado é bem superior ao percentual encontrado no universo geral das MPE, onde apenas 4% das empresas tiveram elevação da receita. Os dados fazem parte da pesquisa online realizada pelo Sebrae, em parceria com a Finep, entre os dias 28 de maio e 3 de junho, com a participação de 833 startups.

O levantamento mostrou ainda que, apesar dos impactos negativos nos negócios, as empresas inovadoras têm maior capacidade de se reinventar e por isso, 76% delas não demitiram funcionários, enquanto 36% das MPE tradicionais tiveram que demitir. Outro diferencial positivo das startups identificado na pesquisa foi que elas também geraram mais empregos (16% delas contrataram funcionários).

As empresas iniciantes sofrem ainda mais para obter crédito, no entanto. Segundo a pesquisa, elas tiveram mais iniciativa de procurar instituições financeiras em busca de crédito (52%) do que as MPE (39%). Em contrapartida, a proporção de startups que efetivamente conseguem esse crédito é bem menor. Apenas 9% dessas empresas que buscaram empréstimos efetivamente conseguem o recurso. No universo das MPE, o percentual de sucesso é bem superior (16%).

Para aquelas startups que não conseguiram, a falta de garantias e pendências no CPF/CNPJ foram os principais motivos alegados pelos bancos para a negativa.  Ainda de acordo com o levantamento, o valor médio solicitado pelas startups é bem superior ao das MPE, sendo R$ 252 mil no caso das empresas inovadoras, contra R$ 5 mil a R$ 20 mil (MEI) e R$ 20 mil e R$100 mil (entre as ME e EPP). Para as startups que necessitam de crédito, os recursos seriam, principalmente, para capital de giro e desenvolvimento de produto, serviço ou processo novo.


Tecnologias vestíveis crescem 21%, mesmo com câmbio alto e pandemia

Segundo a IDC, foram vendidos 208,3 mil dispositivos como ‘fitbands’ e ‘smartwaches’ no Brasil no segundo trimestre deste 2020. 

Startup nacional é acelerada para avançar no uso dos robôs de investimento

Solução da Allê Invest foi escolhida pelo Hupp, programa de aceleração da Abrapp - Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar - para ser acelerada. Mercado é estimado em US$ 18 trilhões no mundo, em 2025.

Brasileiro cria método mais simples de fazer fibra ótica

Iniciativa é do pesquisador Cristiano Cordeiro, professor do Instituto de Física da Universidade Estadual de Campinas (IFGW-Unicamp) e a fabricação se mostra muito mais simples, rápido e barato do que os tradicionais.

Disputa pelos 'sem banco' acirra guerra entre bancos e fintechs de pagamento

Pesquisa, feita pela Temenos, em 32 países indica que 29% dos executivos de instituições financeiras mostra que um de cada três bancos vê as fintechs como ameaça principal aos seus negócios.

Covid-19: software para laboratórios permite colher dados de 5 mil pacientes por dia

Tecnologia da Fundação CERTI coleta informações em até 1 minuto e resolve o gargalo da demora nos testes em larga escala e adequado à Lei Geral de Proteção de Dados.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G