GOVERNO » Compras Governamentais

STF abre pregão de R$ 2 milhões para contratar inteligência artificial

Luís Osvaldo Grossmann ... 12/09/2019 ... Convergência Digital

O Supremo Tribunal Federal abriu nesta quinta, 12/9, um edital para contratação de solução tecnológica de busca e indexação inteligente de jurisprudência e citações, para um contrato de 12 meses, prorrogável até 60, e valor máximo de R$ 2 milhões. 

As especificações do edital são de um lote com cinco itens: a solução de busca inteligente de jurisprudência, de componente inteligente para indexação de acórdãos e decisões, para identificação automática de agrupamento de texto no mesmo sentido, para indexação de legislação citada e, finalmente, suporte e customização. 

É desse conjunto que a estimativa do edital é de um valor máximo de R$ 2,01 milhões. O STF adianta que a base de dados de pesquisa de Jurisprudência da Corte é dividida em 11 bases de pesquisas, com mais de 730 mil registros e com quase 7 mil novos mensalmente. 

Uma nota para os novos tempos de contratações de serviços de tecnologia da informação é a exigência, no edital, de qualificação da equipe técnica da contratada, que deve incluir cientista de dados, com diploma reconhecido pelo MEC de especialização, mestrado ou doutorado em  Big Data, Inteligência Artificial ou Ciência dos Dados. 

O contrato inicial é de 12 meses, com prestação de serviço continuado de suporte técnico e de customização da solução, mas pode ser prorrogado até 60 meses. A abertura das propostas está marcada para 25/9, por meio do portal Comprasnet. A primeira colocada na fase de lances será convocada a realizar, em cinco dias, uma prova de conceito.  


Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Telebras aumenta capital em R$ 1,59 bilhão e cobra calote da FIFA

Acionistas aprovaram a medida - uma reação à privatização pretendida pelo Governo Bolsonaro - e o capital da estatal passará a ser de R$ 3,1 bilhões. Estatal também foi à Justiça para cobrar R$ 9,2 milhões da FIFA por serviços prestados na Copa do Mundo de 2014.

Com novo marco das teles, governo prepara leis para Fust, antenas e datacenters

MCTIC resgata agendas antigas e aponta para regra nacional que dispense antenas de 5G do licenciamento municipal, enquadrando-as como mini-ERBs. 

Autoridade de Dados vai ser a fiscal do compartilhamento de dados do Governo

As regras para o compartilhamento de dados foram estabelecidas no decreto 10.046, mas tudo terá o crivo da ANPD, diz Ciro Avelino, do Governo Digital.

Comitê de dados vai expedir orientações em 90 dias

“Dados interoperáveis, estruturados e automatizados convergem com a LAI e a LGPD. A ideia é que os órgãos conversem para não fazer do cidadão um agente cartorário”, diz o secretário adjunto de governo digital, Ciro Avelino.

Telebras faz Assembleia Geral para aprovar capitalização de R$ 1,512 bilhão

Assembleia geral para tratar do aumento de capital foi agendada para 31 de outubro. Proposta da estatal - que integra lista de privatizações do governo Bolsonoro - dá prioridade à União, como principal acionista da empresa.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G