INTERNET

Google implanta filtro de rotas na Internet

Por Roberta Prescott ... 13/12/2019 ... Convergência Digital

A Google está conduzindo um processo para implantar filtros de rota. O projeto começou há cerca de um ano e tem sido mais complexo que o esperado, conforme contou Felipe Roquini, que atua na área de projetos de redes na Google, no IX Forum 13, realizado na 9ª Semana de Infraestrutura da Internet no Brasil. A companhia ainda está focando na metodologia. “Queremos ser parte da solução e não do problema e colaborar para tornar a internet mais segura”, destacou Roquini

Para tanto, a Google está notificando os peers, limpando os dados de Internet Routing Registry (IRR) e publicando a intenção (routing intente). “Estamos fazendo um trabalho interno para organizar os prefixos em IRR e publicar nossa intenção. Queremos coletar, organizar e processar todos os dados IRR e fazer um filtro e aplicar os filtros nos roteadores e borda de rede”, explicou.

Mas como fazer isto em uma rede tão grande? A estratégia é fazer um piloto em um grupo pequeno de redes, medir os impactos, marcar onde estão os problemas e, em um futuro próximo, a Google começará a rejeitar as rotas. “Hoje estamos marcando as rotas e esperando entre quatro e seis meses implantar os filtros com mais rigidez”, apontou.

Com relação ao impacto para os parceiros, Roquini sinalizou a queda no tráfego. “Queremos nos comunicar o máximo possível e avisar aos nossos parceiros quais são as rotas que estão com problemas. Mas é difícil coletar o dados, nem todos os ISPs entregam os dados”, explicou, acrescentando que um dos pontos mais difíceis é configurar todos os roteadores de forma confiável e sem causar interrupção. Um dos objetivos é impedir que Google seja um vazador (leaker). Para os AS que fazem peering com a Google as recomendações incluem a revisão das rotas e checar se AS-SET está configurado corretamente nos registros de peering.

“A gente preserva muito o relacionamento com os sistemas autônomos, porque é a partir dele que nos conectados com ISPs menores. Se passar de certo tráfego é mais vantajoso para ambas as partes fazer peering direto. Depende muito do relacionamento que a Google tem com os ASs”, respondeu sobre quando optar por peering direto ou route-server.    A companhia, explicou, está usando IRR por cobrir mais prefixos que RPKI (sigla para Resource Public Key Infrastructure) e porque RPKI provém apenas a validação de origem e a Google necessita também routing intent. A companhia planeja incluir o uso de RPKI em um “futuro próximo”. 


Revista Abranet 30 . fev-mar-abr 2020
Veja a Revista Abranet nº 30 A matéria de capa enfatiza a relevância do engajamento ao mostrar que uma internet mais segura depende da ação conjunta de todos os atores do ecossistema. Tratamos também do leilão das frequências do 5G. Veja a revista.
Clique aqui para ver outras edições

MP de Brasília abre inquérito para apurar venda de dados pessoais

Empresa na mira do Ministério Público do Distrito Federal e Territorios (MPDFT) é a Procob S.A. De acordo com a denúncia, essa empresa comercializa relatórios contendo informações como endereço, telefones, e-mails e outros.

TJSP começa com grupo Itaú projeto de citação eletrônica de pessoas jurídicas

Segundo oTribunal, informações técnicas para a participação foram enviadas a diversas instituições, mas por enquanto  somente o grupo financeiro respondeu. 

Facebook anuncia exclusão de mais de 50 milhões de postagens falsas

Trabalho de filtragem de conteúdo é  feito por algoritmos de inteligência artificial que identificam conteúdos abusivos com expressões de discurso de ódio, nudez adulta e atividades sexuais, violência e conteúdo explícito, bullying e assédio.

MPF: Expor em redes sociais quem descumpre isolamento é obrigação

Em nota técnica, Procuradoria dos Direitos do Cidadão defende ato de denunciar ou expor pessoas que promovem festas, reuniões ou outras atividades temporariamente proibidas.

MPF pede ao Google para tirar do ar vídeo de pastor vendendo feijão como cura da Covid-19

Valdemiro Santiago de Oliveira, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, vende por R$ 100 a até R$ 1 mil, sementes de feijão "mágico". 



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G