TELECOM

Embratel: desoneração do Fistel impulsionará as redes IoT no Brasil

Por Fábio Barros e Carlos Afonso ... 31/10/2019 ... Convergência Digital

O impacto que a Internet das Coisas terá sobre o mercado de telecomunicações foi tema de debate no Futurecom 2019, realizado de 28 a 31 de outubro, em São Paulo. De acordo com dados apresentados pela Bain & Co., há uma projeção de o mercado corporativo movimentar US$ 300 milhões em aplicações IoT este ano.

E é apenas o começo. O mesmo estudo aponta que, até 2025, o mundo deve chegar a 21,5 bilhões de objetos conectados. De olho neste mercado, fornecedores começam a desenhar soluções e estratégias para colocá-las no mercado. No Brasil, a conectividade para IoT progride. De acordo com o diretor de Negócios IoT da Claro, Eduardo Polidoro, acontece, neste momento, uma consolidação de novas redes NB-IoT e Cat-M.

O executivo cita o exemplo da própria rede da Claro no Rio Grande do Sul, onde a cobertura 4G é de 7,5% do território. “Com as redes NB-IoT e Cat-M, vamos para uma cobertura de 52%”, revela. O executivo também condiciona o crescimento das redes à desoneração. “Se o Senado nos ajudar com a isenção da cobrança do Fistel, ele vai deixar os serviços de conectividade ainda melhores, e isso para todos os segmentos: saúde, carro conectado, agricultura etc.”, afirma.

À CDTV, do portal Convergência Digital, Eduardo Polidoro fala como a Claro trabalha para levar conectividade para áreas onde ela ainda não existe, em especial, no agronegócio. Assista à entrevista.


Internet Móvel 3G 4G
Anatel autoriza Neoenergia a criar primeira rede privada LTE no Brasil

Projeto de R$ 10 milhões com a Nokia usa faixa de 3,5 GHz em rede elétrica inteligente no interior de São Paulo. Iniciativa vai permitir a a comunicação de todos os dispositivos da rede inteligente em Atibaia, Bom Jesus dos Perdões e Nazaré Paulista, abrangendo um total de 75 mil clientes da Elektro.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Globo e Netflix se unem contra streaming na Lei da TV Paga

Debate realizado na Câmara federal mostra que há muitas divergências sobre a questão entre os atores do ecossistema sobre a Internet ser ou não enquadrada na Lei do SeAC.

Teles lançam site Fique Antenado! para incentivar instalação de antenas

Página, produzida pelo SindiTelebrasil, tem o intuito de incentivar a instalação de mais infraestrutura de telecom. MCTIC e Anatel apoiaram a iniciativa. Frente Nacional de Prefeitos se dispôs a sentar à mesa e tirar as dúvidas das gestões municipais.

Telefónica Brasil vende 1.909 torres para Telxius por R$ 641 milhões

Empresa anunciou a venda depois do posicionamento oficial da companhia de abrir mão das operações na América Latina para centrar as atenções no mercado brasileiro.

PGR defende acesso a dados armazenados em celular sem ordem específica

Em parecer encaminhado ao Supremo Tribunal Federal, a Procuradoria Geral da República alega que deve ser adotado o mesmo entendimento de quando são apreendidos computadores ou DVDs.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G