Home - Convergência Digital

Ingram Micro distribuirá R$ 1 milhão para desenvolvedores de software

Convergência Digital* - 19/08/2019

A Ingram Micro Brasil, subsidiária da distribuidora global de TI, anuncia que está trazendo para o país o Comet Competition, concurso global direcionado a identificar inovadores e revolucionários desenvolvedores de softwares business-to-business (B2B) que tenham aplicação para canais de tecnologia. A edição brasileira da competição faz parte de uma série de 16 competições em 5 continentes ao redor do mundo que premiará um total de US$ 5 milhões em dinheiro e ações de Go to Market, além de financiamento a 64 provedores de softwares independentes (ISVs).

Todas as startups com soluções B2B estão convidadas a se registrar no Comet Competition. Em cada uma das 16 competições regionais, a Ingram Micro premiará um vencedor e 3 vice-campeões. Os vencedores receberão US$ 100 mil em financiamentos para entrada de mercado e uma chance de concorrer a US$ 1 milhão em dinheiro no Cloud Summit da Ingram Micro em Miami, Flórida, entre os dias 12 e 14 de maio de 2020. Cada vice-campeão receberá US$ 50 mil em financiamentos para entrada de mercado. A Ingram Micro não exigirá nenhum investimento das empresas vencedoras, nem pagamentos por parte dos finalistas.

“O Comet é uma grande oportunidade para que as startups possam se posicionar e apresentar suas inovações para o mercado, contando com o apoio de um grande parceiro como a Ingram Micro Brasil. As possibilidades de realização de novos negócios, com novos canais de vendas e networking, aliados a grandes incentivos que serão distribuídos, compõem um grande atrativo para os participantes inscritos”, comenta Flávio Moraes, diretor de Cloud e Soluções Digitais da Ingram Micro Brasil.

O vencedor do ano passado do Comet Competition, Arun Buduri, da Pixm, tem visto os impactos da exposição e dos recursos ganhos. “O ano seguinte à vitória na competição tem sido uma benção total,” explica Buduri. “Conseguiram colocar nosso time de três pessoas à frente de milhares de clientes potenciais, enquanto reduziram nossos custos de aquisição para quase zero. Então, não poderíamos pedir por um parceiro melhor que a Ingram Micro. Gosto de dizer que o Comet foi o ‘combustível nuclear’ para nosso negócio.” O Pixm é o primeiro produto de sua linha de cybersecurity que potencializa Inteligência Artificial, Deep Learning e visão computacional para detectar ataques de phishing em tempo real.

As startups que tiverem interesse em participar da competição no Brasil já podem fazer sua inscrição através do link no site e submeter o seu cadastro até o dia 30 de setembro. O evento com anúncio dos ganhadores está agendado para acontecer entre 21 e 22 de outubro, em São Paulo-SP. Para serem elegíveis ao prêmio, as startups precisam cumprir alguns requisitos como: ter receita inferior a US$ 10 milhões nos últimos 12 meses e modelo de negócio business-to-business. Outras informações podem ser encontradas na página oficial da competição: https://www.ingrammicrocloud.com/lp/comet/

Quem ainda estiver com dúvidas sobre a realização do Comet no Brasil pode entrar em contato Ricardo Senna, Business Development Manager – ISV, da Ingram Micro Brasil pelo  e-mail ricardo.senna@ingrammicro.com.

 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

06/07/2020
Governo de SP e startup abrem 50 mil bolsas de estudo gratuitas para cursos de programação

26/05/2020
Carrefour vai qualificar gratuitamente 25 mil profissonais de TI

22/05/2020
Santander Coders oferece 240 bolsas para desenvolvimento mobile

15/05/2020
Mais de 10 mil mulheres estão inscritas para o Santander Coders

15/04/2020
Pandemia de Covid-19 promove uma corrida por programadores em Cobol

25/03/2020
Instituto TIM oferece cursos online e gratuitos para capacitação

28/01/2020
TypeScript, Go, Kotlin: qual dessas você quer usar para programar?

23/01/2020
SESI/São Paulo incorpora programação e robótica à grade curricular

16/01/2020
Parceria oferece 100 mil vagas gratuitas em cursos de programação

12/12/2019
Escola de programação no Brasil só cobra depois do aluno receber o primeiro salário

Ciência de dados: a profissão do agora e do futuro

Em alta, o profissional cientista de dados é buscado em áreas como medicina, varejo, bancos, telecom, entre outros. Um bom especialista tem formação multidisciplinar e visão holística do negócio.

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Seis dicas para formar uma equipe de trabalho resiliente

or Craig Mackereth*

Formar uma equipe ou força de trabalho resiliente não é tarefa que se execute da noite para o dia. Tampouco é possível tornar uma equipe verdadeiramente resiliente se isso ainda não estiver integrado ao DNA da empresa.

Destaques
Destaques

Teletrabalho: medo de perder emprego cria obrigação de ficar 100% online

Pesquisa do LinkedIn aponta que 68% dos brasileiros têm trabalhado de uma a quatro horas a mais por dia por conta de estarem em home office. Maior parte reclama de ansiedade e estresse. Maioria também reclama da ausência dos colegas de trabalho, mas 43% se sentem mais produtivos com o trabalho remoto.

TST suspende demissões na Dataprev enquanto durar crise da Covid-19

Trabalhadores alegaram que os prazos acordados no fim da greve não terão como ser integralmente cumpridos diante da situação emergencial com a epidemia do coronavírus. 

TST: Teletrabalho tem de respeitar os contratos vigentes

Corte aponta, no entanto, que em situações emergenciais, como a atual crise da Covid-19, a adoção da jornada online temporária prescinde formalização, mas deve respeitar leis trabalhistas. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site