Clicky

Convergência Digital - Home

nuvini faz quinta aquisição no ano para fortalecer SaaS

Convergência Digital
Convergência Digital - 03/05/2021

A nuvini, grupo de empresas de Software as a Service (SaaS) criado pelo empresário e investidor Pierre Schurmann, anunciou a aquisição da ONCLICK, empresa que oferece soluções de gestão empresarial (ERP) on e offline. Em ritmo acelerado, essa é a quinta compra anunciada em 3 meses pela nuvini, que tem plano de fechar um total de 15 aquisições até o final de 2021. Somente este ano, o grupo já informou a compra das startups leadlovers , Effecti , Ipê Digital e Dataminer .

O modelo de negócios da ONCLICK é focado em soluções gerenciais para empresas de varejo físicas e online, além de atender distribuidoras e indústrias que desejam ir para o e-commerce. Criada em 1999, a Onclick foi adquirida em 2014 pelo empreendedor Marcel Farto, fundador da Commit Consulting. "Estamos no mercado há mais de 20 anos e até 2014 nosso foco era somente no mundo físico. Após minha entrada, fizemos uma transformação e criamos uma plataforma que se tornou referência nacional em e-commerce", afirma Farto, CEO da ONCLICK.

Com clientes como os Jogos Grow, Arezzo, AZ Acessórios, Connect Parts, Giuliana Flores e Carmen Steffens, a ONCLICK oferece o sistema OMS (Order Management System, ou sistema de gerenciamento de pedidos, em português) mais rápido do mercado. A empresa atende atualmente mais de 1,1 mil clientes em todo o Brasil e conta com 130 funcionários.

"Nosso sistema consegue gerenciar de forma integrada todos os pedidos. Hoje temos clientes que recebem mais de 10 mil pedidos por dia, o que demanda um software que consiga fazer a separação, emitir a nota, fazer etiqueta de postagem e gerenciar o estoque com eficiência. A ONCLICK possui um hub próprio que possibilita fazer a integração, de forma fácil e ágil, entre os ERPs e as plataformas de e-commerce e marketplace", explica o CEO.

A empresa registrou um crescimento de 35% em 2020 e, com a aquisição pela nuvini, Farto informa que deverá dobrar o faturamento em três anos. "Sentimos uma sinergia muito forte com a nuvini por ser uma empresa que possui um time muito competente e preparado para nos dar o suporte que precisamos para escalar nosso negócio. A partir das empresas que farão parte da nuvini, conseguiremos ter mais facilidade para fechar novos negócios e atingir essas metas arrojadas de crescimento que temos para os próximos anos", ressalta.

"A ONCLICK é uma das referências no Brasil em sistemas de gestão empresarial e certamente ajudará a fortalecer nosso grupo com sua expertise no setor", assinala Pierre Schurmann. Em 2020, a nuvini registrou faturamento de R$ 20 milhões e, somente no primeiro trimestre deste ano, alcançou R$ 25,4 milhões incluindo as novas aquisições. Segundo Schurmann, neste ano o grupo continuará seu plano de expansão adquirindo empresas de SaaS em 3 verticais - Marketing e Vendas, Produtividade e Finanças e Controle. O foco são negócios com mais de cinco anos de operação com receita entre R﹩ 20 e R﹩ 50 milhões. Até 2025 a meta é realizar 85 aquisições, alcançando R$ 4 bilhões em faturamento e R$ 1 bilhão em Ebitda.

Inédito no Brasil, o modelo adotado pela nuvini permite que os fundadores permaneçam à frente de suas startups, mas contando sempre com o apoio do time da nuvini, que tem executivos com experiências em consultorias a empresas de alto crescimento, gestão de pessoas em companhias de alcance mundial, direito empresarial em multinacionais, IPOs, entre outros, com passagens por empresas de tecnologia, como Google e Loggi, e do mercado tradicional, como Pátria e Multiplus. O modelo é inspirado na Constellation Software, grupo canadense que adquiriu mais de 500 empresas e está listado na Bolsa de Toronto.

"Este modelo incentiva que todos os empreendedores fiquem no negócio e participem do crescimento de suas startups com nosso apoio sem ter que se preocupar com o backoffice, finanças, e outras operações administrativas. De um lado, trazemos liquidez aos investidores-anjo que ajudaram a levantar os negócios em seus primeiros dias e, de outro, continuamos incentivando que os empreendedores fortaleçam suas startups, ganhem maior tração e sigam crescendo", destaca Schurmann.


Destaques
Destaques

Multinuvem do Serpro vai concorrer com a do Ministério da Economia

Estruturada a parceria com AWS, Huawei e Azure, da Microsoft, estatal passa a disputar contratos com órgãos públicos, em briga direta com nuvem licitada e gerida pela Secretaria de Governo Digital.

Por que se tornar uma empresa data-driven?

Data-driven ou orientada a dados. É esse o novo lema das companhias que, cada vez mais, estão armazenando e analisando dados em busca de insights de negócios. Mas o que as empresas devem fazer para abraçarem os dados de forma a promover benefícios estruturais e longevos? A resposta não é simples.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Serviços SaaS, proteção de dados e a LGPD

Por Eder Miranda*

Ter um plano abrangente de proteção adicional de dados para as plataformas SaaS é vital para os negócios, uma vez que as empresas não podem abrir sem ter o controle sobre o que está sendo protegido e sobre a maneira como isso está sendo feito pelos fornecedores de software como serviço.

Cloud é bom, mas quem gerencia?

Edmilson Santana*

Se a nuvem soluciona problemas de um lado, de outro sua operação demanda a formação de um time capaz de traduzir demandas de negócio em continuidade operacional, e isso de forma ágil, produtiva e consistente.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site