Home - Convergência Digital

App Vio, do Serpro, de autenticação por celular, avança para América Latina

Convergência Digital* - 02/04/2020

Permitir que cidadãos e empresas verifiquem, de forma prática, ágil e segura, a autenticidade de um documento pelo celular, contra fraldes e falsificações, é possível com o uso da tecnologia Vio, que acaba de ganhar versões em inglês e espanhol do aplicativo. A solução desenvolvida pelo Serpro garante a validação e veracidade dos dados, com segurança, integridade e confiabilidade, podendo ser utilizada também pelos países do Mercosul.

As novas versões em idioma estrangeiro do App Vio já estão disponíveis nas lojas App Store e Google Play. Para que seja visualizado nos novos idiomas, é necessário alterar as configurações de idioma do dispositivo móvel do usuário. De acordo com o gestor do Vio, Lary César Galeno, “a disponibilização da versão multi-idioma é um ganho potencial para o produto. A partir do momento em que o Vio é internacionalizado, abrimos portas para negociações com outros mercados, tendo em vista a aceitação de documentos brasileiros na versão digital por outros países”.

“A iniciativa faz parte do projeto de internacionalização dos produtos do Serpro, no qual o Vio, como parte integrante deste rol, vai possibilitar aumentar o alcance da solução no mercado internacional. O Denatran cogita alinhar com os órgãos competentes dos países do Mercosul, via Ministério das Relações Exteriores, a possibilidade dos agentes de trânsito desses países poderem validar os documentos digitais do Brasil e as informações da nova Placa de Identificação Veicular utilizando o Vio”, revela Lary César, conforme informações repassadas pelo gerente do departamento responsável pelo atendimento ao consumidor.

O Vio é um sistema de certificação de autenticidade de documentos de identificação, que usa a tecnologia de compactação e criptografia de dados para permitir que as informações em um documento sejam inseridas em um código QR.  Diferentemente de um código QR normal, limitado a manter informações específicas e de texto, o QR Code Vio permite inserir texto e imagens criptografados para leitura offline.

“O QR Code Vio replica os dados contidos no documento utilizando encriptação forte para garantir a autenticidade dos dados. Além disso, QR Codes Vio são encriptados na fonte a partir de informações fornecidas pela própria entidade emissora do documento, garantindo o não-repúdio”, explica Lary Galeno. Em 2020, já foram gerados cerca de 12 milhões de QR Codes. Desses, 11 milhões foram para produtos Denatran e 1 milhão para demais produtos. Conheça os órgãos e as solução que já utilizam a tecnologia Vio.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

02/07/2020
Governo segue com privatização de Serpro, Dataprev e Telebras para 2021

25/06/2020
Serpro/Abin: STF nega liminar, rejeita pedido da AGU e analisa compartilhamento de dados

19/06/2020
STF vai julgar acordo de compartilhamento de dados entre Serpro e ABIN

04/06/2020
Governo fica responsável pelos dados, mesmo com a venda do Serpro e Dataprev

03/06/2020
Serpro procura imóvel para nova sede em Brasília e espera cortar custo em 30%

02/06/2020
Serpro quer usar a nuvem para vender no exterior e valorizar privatização

01/06/2020
Serpro promove Hackathon para minimizar impacto da Covid-19

29/05/2020
Serpro e Economia criam ‘Mapa de Empresas’, com Big Data das Juntas Comerciais

15/05/2020
Receita e Serpro lançam CPF digital com chatbot para atender ao cliente

13/05/2020
Serpro vai comprar identificação biométrica de face, voz e digitais

Destaques
Destaques

Tempo é um luxo que o Brasil não tem para fazer o 5G

Pesquisa da Omdia, ex-Ovum, em parceria com a Nokia, mostra que, nos próximos 15 anos, o 5G vai gerar R$ 5,5 trilhões para o País, sendo o governo beneficiado com o adicional de quase R$ 1 bilhão em receita com os serviços 5G.

Covid-19 fez smartphone virar agência bancária com 41% das transações financeiras

As transações bancárias feitas por pessoas físicas pelos canais digitais foram responsáveis por 74% do total de operações analisadas em abril, revela a Febraban.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site