Clicky

Aloo Telecom: Brasil precisa de um cadastro único de redes de fibra ótica

Ana Paula Lobo e Rafael Mariano ... 14/11/2019 ... Convergência Digital

O Brasil precisa ter um cadastro único de redes de fibra ótica para que se tenha informações disponíveis o mais atualizado possível para maximizar os investimentos. "Melhorou muito nos últimos três anos com o trabalho da Anatel, mas o crescimento das redes de fibra é bastante desorganizado por falta de dados", afirma o CEO da Aloo Telecom, Felipe Cansanção.

Atuando em quatro áreas comerciais: B2B, Governo, ISPs e operadoras para alta capacidade, a Aloo Telecom diz que baixa latência é o que mais se quer no Brasil hoje. A operadora, que possui 35 mil km de rede de fibra ótica e capacidade de operação de 2,4 TBPS, prepara expansão até 27 TBPS nos próximos cinco anos. O backbone da Aloo está presente em quase todos os estados da região Nordeste e começa avançar para a região Norte.

À CDTV, do portal Convergência Digital, durante o XII Seminário TelComp 2019, Felipe Cansanção disse que nenhuma operadora de telecomunicações pode deixar de estudar o leilão 5G. "Nunca o governo colocou tanto espectro para vender. Estamos acompanhando com muita atenção. É um leilão que vem para revolucionar e vamos ver como a Aloo Telecom poderá participar", adianta. Assista a entrevista com o CEO da Aloo Telecom, Felipe Cansanção.


Wi-Fi 6E Brasil 2021 - Cobertura especial - Editora ConvergenciaDigital

Uso da faixa de 6 GHz avança no mundo. 2021 terá dispositivos e celulares Wi-Fi 6E

No Brasil, conselho diretor da  Anatel decide se vai destinar os 1200 MHz da faixa ao uso não licenciado, em movimento semelhante ao que já se deu nos Estados Unidos. Movimento semelhante acontece na Europa e no Oriente Médio.

Veja mais matérias deste especial    •    Inscrição gratuita - Clique aqui

CVM cobra Telebras que anuncia renovação por 10 anos de contrato com Eletrobras

Acordo vale para o uso de fibras óticas e infraestrutura de telecomunicações com a Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf), Centrais Elétricas do Norte do Brasil S/A (Eletronorte) e Furnas Centrais Elétricas S/A (Furnas). Estatal teve movimentação atípica de ações.

Minicom: “Queremos o 5G standalone, que é o 5G de verdade, não um 4G plus”

Ao concluir viagem à Europa e Ásia para falar com fabricantes de equipamentos, o ministro das Comunicações, Fabio Faria, avisou que o governo também defende a exigência do release 16 do 3GPP no leilão da quinta geração. 

Claro e Vivo se isolam contra a exigência do 5G pleno

TIM, provedores regionais, pequenos prestadores e operadoras competitivas reforçaram aos parlamentares que 5G pleno não custa mais nem atrasa implementação no Brasil.

Anatel publica regras para fim das concessões de telefonia

Regulamento de Adaptação do STFC traz prazos e procedimentos para Oi, Telefônica, Claro, Algar e Sercomtel decidirem sobre a migração do regime público para privado. 




  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G