TELECOM

Cade vai rever autorização para compra da Fox pela Disney

Convergência Digital ... 14/11/2019 ... Convergência Digital

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) decidiu, na sessão de julgamento de quarta-feira, 13/11, que a aquisição da Twenty-First Century Fox pela The Walt Disney Company será revisada pela autarquia. A operação foi aprovada em fevereiro, condicionada à venda do canal Fox Sports. O caso será relatado pelo conselheiro Luis Henrique Bertolino Braido, designado por sorteio.

A venda do canal Fox Sports foi uma das medidas negociadas entre o Cade e as empresas em um Acordo em Controle de Concentrações (ACC) para afastar preocupações concorrenciais advindas da operação. O objetivo era permitir que a estrutura do mercado permanecesse com a mesma pressão competitiva anterior à fusão, com a continuidade de três opções de canais de esportes para os consumidores no Brasil: SporTV (da GloboSat), ESPN e mais uma nova empresa com os ativos da Fox Sports.

Diante disso, o Tribunal do Cade fixou prazo para o desinvestimento do canal. Contudo, embora as partes tenham se esforçado para cumprir a determinação, a venda não foi concretizada. Desse modo, conforme previsto na cláusula 14.3 do ACC, o Cade decidiu revisar a operação.

Para o presidente da autarquia, Alexandre Barreto, a solução de reapreciação, indicada pela Procuradoria Federal Especializada junto ao Cade e pela Superintendência-Geral, é a que melhor equaciona as preocupações atinentes aos aspectos concorrenciais do ato de concentração.

“A medida mostra-se equânime e proporcional justamente por oportunizar que se manifestem sobre outras opções viáveis”, disse Barreto. A reanálise do caso não está vinculada ao juízo anterior do Tribunal do Cade.

* Com informações do Cade


Internet Móvel 3G 4G
CPQD se filia à consórcio de inovação aberta para o 5G

Organização se filiou à OpenAirInterface Software Alliance (OSA), consórcio internacional que tem a missão de fornecer recursos (software e ferramentas) para o desenvolvimento de pesquisas e produtos para redes 5G.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Anatel discute quais dados econômicos vão ser coletados das grandes operadoras

Consulta pública sobre os indicadores econômico-financeiros está aberta por 45 dias. 

Anatel afasta redutor de multas em sanções de obrigação de fazer

Provocada pela Telefônica, prevaleceu o entendimento indicado pela AGU de que o regulamento vigente da agência não permite o uso desse incentivo fora das sanções pecuniárias.

Anatel vai discutir uso dos espectros ociosos em consulta pública

Proposta de uso do White Spaces entre frequências outorgadas é cautelosa ao prever uso em áreas rurais e regiões remotas.  Ideia é permtir o uso secundário para telefonia e banda larga em áreas rurais e regiões remotas.

Por mudança no plano de recuperação judicial, Oi adia divulgação de resultados

Operadora deveria divulgar os resultados do primeiro semestre nesta quinta-feira, 28/05, mas adiou para 15 de junho. Mas para conter especulações, Oi disse à CVM que possui R$ 6,31 bilhões no caixa.




  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G