INTERNET

Operação Attack Mestre: Polícia insiste para ISPs denunciarem extorsão

Por Roberta Prescott* ... 03/09/2020 ... Convergência Digital

Procurar a delegacia de crimes cibernéticos ou delegacia distrital e informar a polícia dos incidentes é fundamental para que as investigações possam ser conduzidas e os criminosos possam ser condenados, destacou o coordenador do Laboratório de Operações Cibernéticas da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), Alessandro Barreto.

Em entrevista exclusiva à Abranet sobre a Operação Attack Mestre, que desarticulou uma organização criminosa que praticava extorsão após bloqueio de rede por meio da Negação de Serviço Distribuído (DDoS) contra os provedores de conexão de Internet, Barreto insistiu muito. “A vítima tem de procurar a polícia e registrar a ocorrência; não adianta pagar as extorsões exigidas, porque isto vai aumentar a incidência”.

A Operação Attack Mestre começou com denúncias de vítimas que procuraram as polícias de Goiás e Tocantins e registraram ocorrência. De acordo com Barreto, as equipes trabalharam arduamente na busca de elementos informativos e resultou em uma operação inédita para o País. Até então, apontou Barreto, não se tinha notícia outra operação deflagrada contra a prática de ataque de negação de serviços que causa prejuízo aos provedores e à população em geral.   

As investigações no âmbito da Operação Attack Mestre iniciaram-se nos Estados de Goiás e Tocantins com objetivo de identificar os atacantes; e a Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública teve o papel de coordenar e integrar as ações. “Durante nove meses, os Estados e a secretaria de ações integradas trabalharam arduamente para que identificar autoria dos crimes de DDoS contra os provedores de conexão à internet de pequeno e médio portes”, contou.

Fonte: portal da Abranet


Revista Abranet 31 . maio-julho 2020
Veja a Revista Abranet nº 31
A pandemia da Covid-19 fez a rotina mudar num piscar de olhos. E coube à internet mostrar a sua força. O aumento significativo do tráfego de dados por conta do teletrabalho e do isolamento social foi uma realidade assustadora. Veja a revista completa.
Clique aqui para ver outras edições

Em campanha, governo Trump abre ação antitruste contra Google

Departamento de Justiça dos EUA, secundado por 11 estados com procuradores Republicanos, acusa empresa de usar poder de mercado para prejudicar concorrentes. 

Rádio pela internet e streaming de áudio crescem durante pandemia

Segundo a pesquisa Inside Radio 2020, realizada pela Kantar Ibope Media, 9% dos entrevistados ouvem rádio online e 16% acessam o meio quando estão navegando na internet. 

CNJ aprova norma que prevê digitalização total dos atos processuais

Ainda facultativo, o chamado “Juízo 100% Digital” prevê que todos os atos processuais serão realizados exclusivamente por meio eletrônico e remoto.

Para quem vive de dados, LGPD é lei a ser cumprida sem discussão

iFood, SulAmerica Seguros e Agência Knewin têm os dados como estratégia de negócios e se dizem prontos para cumprir as regras da legislação. "Quem lida e vende dados tem de estar preparado", afirmou Bruno Henriques, do iFood.

Google testa no Brasil e Alemanha plataforma de remuneração para notícias

Empresa promete investir US$ 1 bilhão nos próximos três anos em parcerias com a mídia em produto lançado nesta quinta, 1º/10.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G