Clicky

Fundo canadense investe R$ 1,8 bilhão na FiBrasil, rede neutra da Vivo

Ana Paula Lobo* ... 02/03/2021 ... Convergência Digital

O fundo canadense Caisse de dépôt et placement du Québec é o investidor que ficou com 50% do controle da FiBrasil Infraestrutura e Fibra Ótica SA, a empresa que vai operar com a rede neutra pelo investimento de R$ 1,8 bilhão.

Os outros 50% vão ficar com a Vivo e com a Telefônica Vivo,mas a gestão da empresa será do fundo canadense, informa fato relevante encaminhado pela Telefônica à CVM nesta terça-feira, 02/03. A transação vai passar pelo crivo da Anatel e do CADE.

A FiBrasil começa a trabalhar com 1,6 milhão de home passed herdados da Vivo, como afirmou o presidente da operadora, Christian Gebara, em teleconferência de resultados na semana passada. O objetivo é chegar a 5,5 milhões de HPs até 2024. Com a transação selada, a Vivo sai na frente das rivais Oi e TIM, que ainda negociam com seus investidores para ter a operação de rede neutra ou rede aberta, como fala a TIM.

A estratégia da companhia será a de atuar a FiBrasil em cidades de "tamanho médio" pelo Brasil, fora do estado de São Paulo, e oferecer acesso de fibra até a residência (FTTH) no atacado para todos os provedores de telecomunicações.

*Com informações da CVM



Internet Móvel 3G 4G
Um em cada cinco usuários do 5G reduz o uso do Wi-Fi nos ambientes fechados

Relatório da Ericsson ConsumerLab mostra que a cobertura interna é duas vezes mais importante do que a velocidade ou a duração da bateria. Usuários também se mostram insatisfeitos com a ausência de serviços inovadores e novos aplicativos.

Wi-Fi 6E Brasil 2021 - Cobertura especial - Editora ConvergenciaDigital

Wi-Fi 6E: o futuro da infraestrutura do Wi-Fi

As faixas de 2,4 GHz e de 5 GHz estão congestionadas no Brasil e torna-se urgente ter mais frequência por mais capacidade e eficiência, afirma o chefe de Tecnologia da CommScope para Caribe e América Latina, Hugo Ramos.

Veja mais matérias deste especial

Chamadas de fixo para móvel terão reajuste de até 10,3%

Percentuais autorizados pela Anatel variam de acordo com cada operadora. Os menores foram para a Algar (3,1%), e os maiores para a Oi. 

TIM: Oi móvel é uma operação de venda para resolver um problema do setor

O vice-presidente da TIM, Mario Girasole, diz que os questionamentos fazem parte do rito. "Nós estamos resolvendo um problema de uma empresa que viveu uma situação muito crítica".

Gigantes se unem pelo OpenWiFi para contrapor o Open RAN

Quem está à frente da iniciativa é o Telecom Infra Project (TIP), também responsável pelo Open RAN para as teles celulares. O projeto OpenWifi surge com o apoio da Deutsche Telekom, Boingo e do Facebook. Lançamento oficial será no dia 12 de maio.

STF derruba lei municipal que impedia antena de celular a 100 metros de residências

Sob a justificativa de impedir exposição a campos eletromagnéticos, Lei de Valinhos (SP), de 2018, proibia infraestrutura de telecomunicações próximas a casas, parques, jardins e áreas de preservação. 




  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G