Clicky

SEGURANÇA

Ministério Público lança cartilha sobre golpes no WhatsApp

Convergência Digital* ... 25/09/2020 ... Convergência Digital

O Núcleo de Combate a Crimes Cibernéticos (NCyber) do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios lançou uma cartilha com orientações sobre como evitar golpes pelo aplicativo de mensagens Whatsapp, usado por 90% dos brasileiros. 

Batizada “Sugestões para o uso seguro do WhatsApp”, a cartilha da dicas de como os usuários podem proteger a privacidade no ambiente digital. “WhatsApp é um dos aplicativos mais usados no mundo e, no Brasil, são milhares de usuários. Saber usar a ferramenta de forma segura e protegida é essencial para não se tornar mais uma vítima dos criminosos”, alertou o promotor de Justiça Leonardo Otreira.

Segundo detalha a cartilha, a obtenção dos números das vítimas ocorre, em geral, em sites de anúncios ou redes sociais em que o número do celular fica acessível. Os golpistas ligam para o número e, então, induzem a vítima a passar o código de verificação do aplicativo. Ao indicar a sequência, o usuário perde o acesso ao WhatsApp em seu aparelho e os criminosos passam a solicitar transferências bancárias para os contatos.

O material educativo explica também quais providências adotar caso o usuário tenha sido enganado e como proceder para que o número vinculado ao telefone celular não seja exposto a desconhecidos. Por exemplo, a cartilha sugere que o usuário não forneça números recebidos por SMS a ninguém, ou ainda que habilite no aplicativo a chamada “Verificação em duas etapas”. 

* Com informações do MPDFT


Serpro renova contrato de R$ 2,3 milhões com IBM para recuperação de desastres

Firmado inicialmente em 2018, contrato por inexigibilidade de licitação envolve suporte e assinatura do sistema de continuidade GDPS. 

Ministério da Saúde tem nova falha e vaza dados de mais de 200 milhões de brasileiros

Depois de admitir que houve o vazamento de informações de 16 milhões de brasileiros na semana passada, uma nova falha foi denunciada pelo jornal O Estado de São Paulo. Dados teriam ficado exposto por pelo menos seis meses.

Cisco: Covid-19 mostrou que cibersegurança passa por pensar no extremo

"É um erro associar cibersegurança ao firewall. Esse é um olhar do passado. O presente e o futuro une software à Inteligência artificial e tudo passa pela nuvem", pontuou o CEO da Cisco Brasil, Laércio Albuquerque.

Divulgação voluntária de vazamento de dados traz resultado para o bolso das empresas

Pesquisa global aponta que no caso das PMEs, quando o incidente é relatado proativamente, perda é da ordem de R$ 480 mil, mas quando feito por terceiros, chega a R$ 850 mil. 



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G