Clicky

INCLUSÃO DIGITAL

Claro e TIM, por R$ 3 milhões/mês, fornecem internet para 540 mil no Distrito Federal

Luís Osvaldo Grossmann ... 16/09/2020 ... Convergência Digital

Mês e meio depois de aberta a chamada pública do Distrito Federal para fornecimento de internet para 470 mil estudantes e 72 mil professores da rede pública, Claro e TIM aderiram ao edital do governo de Brasília. A demora envolveu ajustes no edital do chamamento público, mas que não chegaram a modificar as condições principais, nem o valor de R$ 3 milhões mensais previsto. 

“Finalmente nossos estudantes terão direito a internet patrocinada, os professores não precisarão usar a própria internet para acessar a plataforma. Assinamos o contrato das operadoras garantindo uma importante ferramenta para propiciar ensino de forma remota durante a suspensão das atividades presenciais”, festejou em vídeo o secretário de educação, Leandro Cruz. 

O chamamento foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal em 3 de agosto, centrado na contratação na modalidade de acesso patrocinado, em um total de 300 milhões de MB de dados por mês, a 1 centavo por MB, totalizando R$ 3 milhões mensais pelo serviço. O objetivo é dar acesso à plataforma educacional usada nas aulas remotas – no caso de Brasília, o Google para Educação – daí o mecanismo de cobrança reversa. 

Quem conhece o processo de perto aponta que é uma contratação em formato muito semelhante ao realizado por vários outros estados, inclusive no valor, estipulado em R$ 0,01 por MB. O valor de R$ 3 milhões comporta o total de acessos patrocinados, com rateio proporcional a depender de qual operadora é o chip usado no dispositivo de cada estudante ou professor. 


Carreira
Empresa de TI é obrigada a pagar PLR depois de disputa judicial

Sonda do Brasil terá de pagar PLR para 1791 trabalhadores, referente ao ano de 2014, depois de disputa judicial com o Sindp/SP. Outras oito ações seguem tramitando na Justiça.

Toxicidade da Internet: seu filho pode não ser a vítima, mas o agressor

"Tem uma série de regras de educação, valores da família, formas de se comportar que não valem só para o jogo, para a rede social, valem para a vida”, diz a professora e psicoterapeuta, Ivelise Fortim.

Cert.br: Pais aprendam com as crianças a fazer uma Internet Segura

"Vamos ouvir mais do que falar. Os pais precisam fazer os filhos falarem como atuam na Internet. É uma aprendizagem mútua e necessária", recomenda a analista de segurança Miriam von Zuben. 

Mais de 70% das escolas no Brasil assumem casos de cyberbullying

É imperativo que se trate a Internet como um lugar real e que se responsabilize as pessoas pelos seus atos para evitar os ataques, observou a especialista em comportamento e psicopedagoga Érica Alvim.

Internet está longe de ser ruim para crianças e adolescentes

"Há milhares de aplicações positivas na Internet. O segredo é educar e conscientizar", sustenta o gerente de segurança do CAIS/RNP, Edilson Lima.

Internet Segura: Diálogo é a vacina dos pais contra ameaças virtuais às crianças

Em sua 15ª edição, o Dia Internacional de Segurança em Informática, promovido pela RNP, discutiu como a prevenção é fundamental em tempos de crianças e adolescentes hiperconectados.

Brasil é um dos países mais agressivos na Internet

País é o 25º em 32 países analisados em estudo produzido pela Microsoft. Por aqui, 41% acham que ataques e desinformações cresceram com a pandemia, enquanto 26% apontam que atitudes melhoraram. 



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G