SEGURANÇA

Light confirma ataque cibernético e cobrança de resgate em bitcoin

Convergência Digital* ... 22/06/2020 ... Convergência Digital

A Light, empresa distribuidora de energia elétrica que atende o Estado do Rio de Janeiro, confirmou para o portal Veja Rio que houve um incidente cibernético em sua rede. A empresa, que fornece energia para 31 dos 92 municípios do Estado, com um total de 7 milhões de consumidores de energia elétrica, confirmou que o incidente ocorreu na última terça-feira, 16/06. Ele se manifestou nos sistemas que fazem o atendimento de clientes.

Foi um ataque de ransomware, segundo a Veja, no qual os atacantes pediram 107.213,96 Moneros, o equivalente a R$ 37 milhões. Os cibercriminosos deram um prazo de dois dias para o pagamento, sob pena de aumentar o valor.
A Light não deu detalhes sobre o problema, mas emitiu uma nota para a imprensa admitindo que ele existe.

“A Light sofreu, nesta terça-feira (16/6), um ataque de vírus em seus computadores. O corpo técnico da empresa vem elaborando diagnósticos, ações e recomendações que estão sendo seguidas por seus colaboradores”, reportou a empresa de energia elétrica. Os ataques de ransomware com solicitação de resgate estão se multiplicando no Brasil. A Avon, da Natura, teve seus sistemas atingidos e a invasão foi comunicado à CVM.


Segurança digital faz Oi ultrapassar a marca de 125 mil elementos monitorados em SOCs

SOCs, localizados no Rio de Janeiro e São Paulo, dão suporte à jornada digital de clientes públicos e privados e registrou um crescimento de 132% nas vendas de serviços gerenciados voltados à transformação digital.

PGFN alerta que é alvo de tentativa de fraude

Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional informa que nunca entra em contato para pedir doações ou para tratar de questões como pagamento de benefícios e auxílios ou restituição e resgate de valores.

Por Covid-19, biometria é excluída das eleições 2020 pelo TSE

Decisão foi tomada pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Luis Roberto Barroso, em função do risco de contágio da Covid-19. Os leitores lde impressões digitais não podem ser higienizados a cada utilização, o que seria um risco considerável.

Administradora de shopping centers revela ataque cibernético

Ao mercado a Aliansce Sonae informou que a invasão aconteceu em maio e a companhia admite que, algumas informações possam ter sido acessadas, mas que elas não eram estratégicas.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G