Clicky

GOVERNO

Senado aprova acordo com EUA para uso da base de Alcântara

Luís Osvaldo Grossmann* ... 13/11/2019 ... Convergência Digital

O Senado aprovou na noite de terça, 12/11, o acordo que permite a participação dos Estados Unidos em lançamentos a partir do Centro Espacial de Alcântara, no Maranhão. O texto, que havia sido aprovado pela manhã na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, não necessita da sanção presidencial e será promulgado.

O Projeto de Decreto Legislativo 523/2019 ratifica o texto do Acordo de Salvaguardas Tecnológicas entre o Brasil e os Estados Unidos, assinado em Washington, em 18 de março de 2019. As negociações foram conduzidas pelos Ministérios das Relações Exteriores, da Defesa e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

Ou seja, o que foi firmado com o governo dos Estados Unidos é um acordo de salvaguardas tecnológicas. Por ele, os EUA autorizam que sejam lançados do Brasil foguetes que contenham componentes americanos. Em troca, o Brasil garante que a tecnologia americana não será acessada. Segundo o ministro Marcos Pontes, esse acordo “é fundamental para o uso comercial da base porque 80% das partes dos artefatos lançados ao espaço, dos EUA ou não, têm tecnologia americana”. 

Ao Congresso Nacional o MCTIC indicou que o Brasil poderia ficar com 1% de um  mercado global estimado em US$ 350 bilhões. Seriam, portanto, US$ 3,5 bilhões por ano para o programa espacial brasileiro e para as comunidades que vivem próximas à base. Mas essa é uma estimativa inflada. O que vale US$ 350 bilhões por ano é todo o mercado aeroespacial – do qual o mercado de lançamentos representa apenas 2%. Ficar com 1% daquele total, portanto, é abocanhar metade do mercado mundial de lançamentos.

* Com informações da Agência Senado


Liminar suspende processo de liquidação do Ceitec pelo governo Bolsonaro

Justiça Federal no Rio Grande do Sul acatou pleito em ação civil pública e determinou a suspensão da assembleia que nomearia liquidante da estatal do chip, localizada em Porto Alegre.

Bolsonaro recoloca Jarbas Valente no comando da Telebras

Ex-conselheiro e vice-presidente da Anatel deixou a estatal para ser substituído por Waldemar Gonçalves Ortunho Junior, em abril de 2019, mas, agora, retoma à companhia com a nomeação do coronel para a direção da Agência Nacional de Proteção de Dados.

BNDES vai pagar R$ 8 milhões para preparar a venda do Serpro e da Dataprev

Consórcio vencedor reúne Accenture, a multinacional de RP Burson-Marsteller e o escritório Machado, Meyer, Sendacz, Opice e Falcão Advogados.

Governo alega prejuízo de R$ 10 bi e vai ao STF contra desoneração da folha

Benefício, que acabaria este ano, foi prorrogado para dezembro de 2021, por decisão do Congresso Nacional, que derrubou o veto do governo. A desoneração da folha é considerada essencial para as empresas de TI e Telecom. Governo diz que medida é inconstitucional.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G