Home - Convergência Digital

Serpro desenvolve QR Code que valida documento de veículo impresso em casa

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 08/04/2020

Os proprietários de veículos de 13 estados e do Distrito Federal já podem imprimir o certificado de registro e licenciamento de veículo em casas. A autenticidade da impressão é garantida por um QR Code que pode ser consultado pelos agentes de trânsito em uma eventual fiscalização. 

O CRLV 100% digital foi desenvolvido pelo Serpro para o Denatran e está disponível no Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rondônia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, além do DF.

O documento veicular pode ser impresso pelo site do Detran estadual, Portal de Serviços do Denatran ou aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT). Para emitir o documento eletrônico, é necessário que o proprietário esteja quite com as obrigações e débitos do veículo junto aos órgãos de trânsito.

De acordo com à Deliberação nº 180/2019 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), a data limite para que todos os Detrans do país disponibilizassem a opção de impressão do CRLV aos proprietários de veículos é 30 de junho de 2020. 

“Devido ao aumento da demanda por serviços digitais e a resposta que os estados precisam dar à situação causada pelo Covid-19, o Serpro antecipou a integração com os sistemas dos Detrans para que seja possível oferecer essa opção ao cidadão”, ressaltou o gestor da CDT no Serpro, Isidro Santos.

Com a determinação do Contran, agora, além da versão digital do CRLV disponível no aplicativo CDT, o proprietário do veículo pode imprimir o documento, em PDF e formato A4, a qualquer momento e quantas vezes for necessário, sem se preocupar com perda, roubo ou deterioração do CRLV. No entanto, é importante que o documento seja impresso com qualidade e que o QR Code esteja legível. Os condutores também poderão salvar o documento no celular, caso não tenham o aplicativo CDT.

Para fazer a validação do documento impresso, basta baixar o aplicativo VIO disponível lojas Google Play ou App Store no celular e fazer a leitura do QR code localizado ao lado do código Renavam do documento. Com isso, é possível verificar a autenticidade do documento de forma simples e segura, garantindo a fidelidade da impressão. O Vio é o mesmo aplicativo utilizado pelas autoridades de trânsito para checar a autenticidade do CRLV.

* Com informações do Serpro

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

01/06/2020
Serpro promove Hackathon para minimizar impacto da Covid-19

29/05/2020
Serpro e Economia criam ‘Mapa de Empresas’, com Big Data das Juntas Comerciais

15/05/2020
Receita e Serpro lançam CPF digital com chatbot para atender ao cliente

13/05/2020
Serpro vai comprar identificação biométrica de face, voz e digitais

11/05/2020
Serpro abre licitação para atualizar datacenter à certificação Tier 3

11/05/2020
Serpro abre licitação para atualizar datacenter à certificação Tier 3

05/05/2020
Serpro alega falha de conexão com Comprasnet e adia pela terceira vez pregão de telefonia

23/04/2020
“Sem clima”, governo adia privatização de Serpro, Dataprev e Telebras

20/04/2020
Privatizáveis, Serpro e Dataprev ampliam compartilhamento de espaços

09/04/2020
Correios renovam acesso ao cadastro de CPF do Serpro por R$ 4,5 milhões

Destaques
Destaques

Leilão 5G: TIM e Claro defendem adiamento. Vivo adverte para momento incerto

TIM e Claro se posicionam claramente contra a realização do leilão ainda em 2020. A Vivo se mostra mais cautelosa, mas admite que está tudo muito nebuloso por conta da economia e da pandemia de Covid-19. Todas asseguram que o momento ainda é de muito investimento no 4G e no 4,5G.

Operadoras pedem que edital do 5G traga compromissos na nova tecnologia

Mas Anatel lembra que reduzir preço das frequências para exigir investimentos que o mercado já faria naturalmente não faz sentido na licitação. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Para além da guerra da saúde pública, não adiem o leilão do 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

O setor de telecomunicações tem suportado a sobrecarga derivada da pandemia de Covid-19. Mas, reforcem essas redes com tecnologia mais avançada para prover serviços de baixa latência. Dessa forma, não se postergue o leilão das redes ditas de quinta geração (5G) e atenção à segurança cibernética.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site