Home - Convergência Digital

Oi vende streaming com pagamento por cartão de crédito

Da redação - 22/06/2020

A Oi inicia a venda de seu serviço de streaming que agrega conteúdos de vídeo, o Oi Play, com pagamento por cartão de crédito. O objetivo da operadora é expandir o serviço para sua base dos planos pré e controle que conta com cerca de 30 milhões de clientes. A partir de agora, Oi Play está disponível para contratação com três diferentes ofertas que oferecem acesso a até 50 canais ao vivo e aos melhores conteúdos de filmes, séries, notícias, programação infantil e esportiva, além de filmes recém lançados no cinema. Clientes que desfrutarem do serviço por um telefone móvel da Oi não serão descontados da sua franquia de internet. Todo o conteúdo do Oi Play é disponibilizado a partir de uma plataforma única e pode ser personalizado pelo usuário a qualquer momento.

"O Oi Play é a aposta da Oi na sua estratégia de oferta de conteúdo de vídeo por streaming e é considerado um grande diferencial dos serviços da companhia. O sucesso do produto estimulou a Oi a ampliar a sua oferta para clientes dos planos pré ou controle, que até então não tinham acesso, mas também a ser a primeira operadora a ingressar nesse novo modelo de negócio, com ofertas com pagamento por cartão de crédito. O objetivo da companhia é expandir a penetração do produto para toda a sua base de clientes e consequentemente ampliar a receita", afirma Bernardo Winik, VP de Clientes da Oi.

O Oi Play oferece ao cliente uma jornada 100% digital, desde a contratação, à navegação e ao pagamento via cartão de crédito. O produto tem interface intuitiva, com base nas melhores práticas do mercado, e o cliente acessa com um mesmo login aos mais diversos conteúdos dos parceiros, em única plataforma, pela web ou pelo aplicativo. O Oi Play reúne os conteúdos de video on demand dos principais parceiros (ex.: Discovery, ESPN, FOX, HBO, Telecine, CN Já, EI Plus, Paramount+, e Vubiquity), acaba de expandir sua programação para até 50 canais ao vivo (funcionalidade depende do serviço e da oferta do cliente) e ainda permite alugar filmes recém lançados no cinema. O serviço já foi acessado por cerca de 1,4 milhão de usuários. Desse total, 42% foram para o consumo de filmes, 27% para conteúdo infantil, 26% para canais ao vivo e 5% para outros tipos de conteúdo.

 Entre os principais diferenciais do Oi Play está a funcionalidade "Pra trocar", que oferece ao usuário a possibilidade de escolher que serviços de video on demand vai consumir de acordo com seu perfil de interesse. Cada conteúdo disponível para troca têm um valor em "Plays", a moeda virtual da plataforma que varia de 5 a 85 Plays vinculados à sua oferta. Ao efetuar o 1º login, o cliente escolhe os conteúdos que deseja consumir e, após 30 dias, pode trocá-los por outras opções acessando o menu "Pra Trocar". Essa funcionalidade permite a personalização do pacote do cliente conforme a sua necessidade e seu interesse possibilitando o consumo de conteúdos de sucesso mundial dos parceiros conforme lançamento.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

22/09/2020
Para Oi, assinatura básica teria que ser acima de R$ 100 para pagar concessão

22/09/2020
Oi: Concessão da telefonia fixa vai perder R$ 10 bilhões em quatro anos

21/09/2020
Dívidas da Oi posteriores à recuperação judicial podem ser cobradas fora do plano

15/09/2020
Oi diz à CVM que movimento de ações se deve a aprovação de plano e venda da móvel

11/09/2020
Para decidir: quatro ou três operadoras de celular?

10/09/2020
Minicom: Governo Bolsonaro não vai intervir na venda dos ativos da Oi

09/09/2020
Oi não sai diminuída em relação às rivais, garante Rodrigo Abreu

08/09/2020
Aprovado o novo plano de aditamento de recuperação judicial da Oi

08/09/2020
Rodrigo Abreu: Sem aprovação do plano, Oi não tem chance

08/09/2020
Assembleia descarta pedido de Itaú, BB, Caixa e Bradesco e decisão sobre Oi vai a voto

Destaques
Destaques

Vitor Menezes, Minicom: Vamos brigar por um leilão 5G não arrecadatório

O Ministério das Comunicações sinalizou às operadoras que trabalha para convencer os colegas de Esplanada a concentrar os valores envolvidos no leilão do 5G em compromissos de cobertura, minimizando o preço a ser pago ao Estado, afirmou o secretário de Telecomunicações, Vitor Menezes, ao participar do Painel Telebrasil 2020.

Claro: Sem antenas, São Paulo fica fora do 5G

CEO da Claro, Paulo Cesar Teixeira, criticou a miopia de executivos que ainda insistem em colocar restrições à implantação de antenas, como acontece na cidade de São Paulo. "5G é a grande plataforma para permitir um salto econômico mais vigoroso", advertiu.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Internet 5G traz disrupção para Telecomunicações até no modelo de negócio

Por Eduardo Grizendi*

Na RNP, estabelecemos um objetivo estratégico ambicioso – o de prover uma ciberinfraestrutura, segura, de alto desempenho e disponibilidade e, ao mesmo tempo, ubíqua, onipresente, em qualquer lugar e a qualquer hora, para nossas comunidades de educação, pesquisa e inovação.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site