GESTÃO

Órgãos públicos ampliam uso do sistema de processo eletrônico

Convergência Digital* ... 17/02/2020 ... Convergência Digital

Com mais de 70 mil tramitações realizadas em 2019, o Barramento de Serviços do PEN já reduz custos e tempo de tramitação de 41 instituições públicas. Trata-se de uma infraestrutura centralizada que permite que um órgão envie processos ou documentos administrativos digitais para outro de maneira segura e com confiabilidade de entrega.

“A meta é que, até o final de 2020, todos os órgãos da Administração Pública Federal possam tramitar os processos administrativos na forma eletrônica”, afirma o secretário de Gestão do Ministério da Economia, Cristiano Heckert Heckert. As instituições interessadas em aderir podem acessar a página do PEN.

O sistema agora também oferece o envio de documentos avulsos, de documentos contendo mais de um componente digital (como vídeos e imagens) e de arquivos acima de 50 megabytes. A versão com as novas funcionalidades está disponível no Portal do Software Público.

O Barramento PEN (Processo Eletrônico Nacional) é uma das ações do Ministério da Economia (ME) para auxiliar os órgãos a atenderem ao Decreto n° 8.539/2015. O Ministério da Educação, um dos órgãos mais esperados a aderir ao Barramento, devido ao volume de tramitações, recentemente passou a utilizar a ferramenta. A medida irá impactar na redução do tempo de tramitação entre o órgão e as Instituições de Ensino Superior do país.

Segundo Heckert, o envio de um processo ou documento que antes dependia do serviço de postagem e do deslocamento de um servidor, além de gerar gastos para a administração pública, passou a ser realizado de forma automática e segura. “O objetivo é que seja tão prático quanto tramitar um processo para outra área do mesmo órgão”, afirma o secretário de gestão.

A adesão ao Barramento de Serviços do PEN é permitida para instituições da administração pública, direta e indireta, de qualquer poder da União, dos estados, Distrito Federal e municípios, ainda que as organizações públicas sejam usuárias de diferentes softwares de processo eletrônico.

* Com informações do Ministério da Economia


Ex-presidente dos Correios assume o ITI

ATUALIZADA - Carlos Roberto Fortner, que comandou a ECT em 2018, como o Convergência Digital antecipou foi nomeado para o cargo. Atual presidente do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação, Marcelo Buz, se despediu do posto pelas redes sociais. 

Serpro procura imóvel para nova sede em Brasília e espera cortar custo em 30%

Ao pedir ofertas a interessados, estatal indica buscar espaço menor que atual e com capacidade para 700 funcionários. Atualmente são cerca de 1,1 mil. Movimento será repetido nos estados. 

Governo reabre prazo para doações de PCs, notebook e tablets para teletrabalho

Empresas e cidadãos poderão doar equipamentos de informática até 29/5.  Nos últimos dias, mais de 24 desktops foram doados para a prestação de serviços públicos remotos.

BNDES descontinua BNDES Direto 10, voltado para PMEs de TICs

Durante evento da ABES sobre competitividade para o setor, o diretor do banco de fomento para TI, Carlos Azen, calculou que setor de software captou R$ 26 milhões, dos R$ 2 bilhões em financiamentos no primeiro quadrimestre de 2020.




  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G