Home - Convergência Digital

STF nega pedido para determinação de teletrabalho a servidores da União

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 24/03/2020

Não cabe ao Governo do Distrito Federal dispor sobre o funcionalismo público federal. Por esse motivo, a ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal, negou pedido liminar para que os servidores da União também passem a trabalhar por home office, a exemplo do que já ocorre com os do governo distrital. A decisão é desta terça-feira (24/3).

Na ação que chegou ao Supremo no domingo, o governo do DF pediu à corte que determinasse à União a adoção do mesmo tipo de trabalho para os servidores federais.  Antes, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), já havia editado decreto para liberar o teletrabalho para servidores estaduais, com exceção daqueles considerados função essencial, como medida preventiva ao contágio do novo coronavírus.

Na inicial, a Procuradoria-Geral do Distrito Federal diz que apenas com isolamento social "será possível minimizar os efeitos da pandemia e preservar centenas de vidas, ensejando, o quanto antes, o retorno das cidades à situação normal de funcionamento". A ministra negou a liminar considerando a "ausência dos requisitos legais para dar seguimento regular ao processo". Administrações dos estados e municípios têm determinado medidas a seus servidores, como o teletrabalho. Mas a União ainda não tomou providências a respeito.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

02/04/2020
MP 936 permite suspensão de contrato, redução de jornada e corte de salários

02/04/2020
Provedores e teles vão conectar 16 mil unidades de saúde e financiar por até quatro meses

02/04/2020
Abranet: fintechs vão agilizar o pagamento da Renda Mínima Emergencial

02/04/2020
MP 936: Sindicatos dos trabalhadores e patronal advertem sobre risco de conflito judicial

02/04/2020
TJ de São Paulo libera intimação pelo WhatsApp

02/04/2020
Coronavírus: Campinas edita Decreto e libera instalação de antenas

02/04/2020
Coronavírus: Teles criam solução única de dados para monitorar deslocamento

02/04/2020
Vivo flexibiliza pagamentos para telefonia fixa, móvel, banda larga e TV por assinatura

01/04/2020
Telefônica/Vivo cede dados de assinantes ao Governo de São Paulo

01/04/2020
MPF reapresenta pedido à Anatel para impedir cortes de serviços de telecom

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A urgência de cultivar talentos para TIC no Brasil e no mundo

Por Breno Santos*

A transformação digital ainda é um desafio para muitas empresas no Brasil e a aplicação estratégica das novas soluções deve acontecer por meio de equipamentos e mão de obra qualificada.

Destaques
Destaques

Faltam profissionais para cuidar dos ataques cibernéticos no Brasil

Ao publicar a Estratégia Nacional de Segurança da Informação, a e-ciber, o governo admite que o País possui poucos profissionais especializados em segurança cibernética; que há uma baixa conscientização dos usuários com relação ao tema e que é preciso urgente criar um programa nacional destinado à formação técnica nos órgãos do governo e nas empresas privadas.

TI e Internet lideram 13 dos 15 cargos profissionais em alta no Brasil

Levantamento feito pelo Linkedin mostra que gestor de redes sociais, engenheiro de cibersegurança, cientistas de dados e desenvolvedores seguem tendo alta demanda no mercado.

Déficit de mão de obra na América Latina será de 570 mil profissionais em 2020

Empresas da região vão investir nas tecnologias da terceira plataforma - cloud, analytics, Inteligência Artificial - e vão requisitar cada vez mais especialistas em programação e desenvolvimento, projeta estudo da IDC América Latina.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site