Clicky

SEGURANÇA

Caixa admite que hackers invadiram o sistema Auxílio Emergencial

Luís Osvaldo Grossmann ... 17/07/2020 ... Convergência Digital

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, revelou nesta sexta, 17/7, que a plataforma Caixa Tem e o sistema de Auxílio Emergencial tem sido alvo de hackers para desvio dos pagamentos de R$ 600 aos brasileiros mais pobres. Segundo ele, a reação da Caixa é que causou instabilidade no sistema – que nos últimos dias têm sido relatada por outras instituições como a fintech PicPay. 

“Parte dos problemas no Caixa Tem é que identificamos algumas contas utilizadas por hackers que estão fazendo bastante barulho”, afirmou Guimarães durante apresentação do calendário de pagamentos das duas novas parcelas do Auxílio Emergencial. Segundo o presidente do banco, nesta mesma sexta haveria uma reunião com a Polícia Federal. Guimarães também indicou que a própria Caixa teria invadido contas de Whatsapp de suspeitos. 

“A gente já invadiu alguns grupos de WhatsApp de hackers e a gente já sabe bastente coisa e vamos passar para a Polícia Federal. Bloqueamos algumas contas usadas por esses bandidos e isso gerou algum tipo de problema. Então parte da questão do Caixa Tem vem de uma reação da Caixa Econômica Federal em relação a alguns bandidos que estão desviando dinheiro da população mais carente, que não vai perder porque pagaremos qualquer problema.”

O executivo não mencionou quantos beneficiários do Auxílio Emergencial foram prejudicados, nem quanto dinheiro foi desviado. É um percentual muito pequeno, mas dentro do volume que estamos pagando não deixa de ser um percentual. Então parte da questão do Caixa Tem é uma reação forte e decisiva da Caixa Econômica Federal contra qualquer possibilidade de desvio desse dinheiro. Nenhum brasileiro de bem sairá prejudicado.”


Google alerta sobre ‘nova engenharia social’ que explora Windows 10 e Chrome

Hackers teriam criado blog sobre segurança para recolher novas vulnerabilidades ainda sem correção e distribuir malware.

Golpistas simulam agendamento de vacina contra covid e clonam dados

Não repassem dados pessoais por telefone ou por SMS. A vacinação contra a Covid-19 não exige cadastramento prévio no ministério da saúde, nem no aplicativo Conecte SUS Cidadão.

TRF que atende São Paulo e Mato Grosso do Sul sofre ataque hacker

Tribunal assumiu o ataque, mas reportou que 'não houve invasão aos sistemas nem às bases de dados, tampouco furto de informações". A Polícia Federal foi acionada.

Contra invasões, Microsoft orienta uma série de correções de vulnerabilidades

Primeiro patch tuesday de 2021 corrigiu 83 vulnerabilidades no sistema operacional Windows, Edge, Office, Visual Studio, .Net Core Engine e SQL Server, entre outros. Atenção total ao CVE-2021-1648, um bug no serviço splwow64 do Windows que pode permitir que um invasor eleve seu nível de privilégio.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G