Clicky

GOVERNO

Telebras corta previsão de receita em mais R$ 50 milhões

Convergência Digital ... 27/08/2020 ... Convergência Digital

Motivo de disputa entre o ministério da Economia - que a quer privatizada em 2021 - e o Ministério das Comunicações, que planeja manter a Telebras por conta da massificação da banda larga em áreas remotas, a Telebras reduziu ainda mais a sua projeção de receita operacional.

Em fato relevante à CVM, a estatal informa que, agora, a sua projeção de receita é de R$ 330,62 milhões, ou uma queda de 13,8% em relação ao previsto em janeiro - R$ 383,64 milhões, quando a Telebras passou à condição de empresa estatal dependente do orçamento fiscal e da Seguridade Social na Lei Orçamentária de 2020.

A Telebras informa que o aviso ao mercado é justificado pelo obrigação legal de informar suas projeções. O governo tinha a previsão de vender a Telebras no final de 2021, mas a nomeação de Fábio Faria, do PSD, para o ministério das Comunicações mudou o processo. O PSD é favorável ao uso da Telebras - e do satélite geoestacionário no qual o país investiu quase R$ 3 bilhões- para levar banda larga para áreas remotas não atendidas pelas operadoras de telecomunicações, como aconteceu no estado natal do ministro, Rio Grande do Norte.

A venda da Telebras é uma pedra no sapato do Governo Bolsonaro. A estatal resistiu ao ser classificada como uma estatal dependente do orçamento fiscal e, recentemente, deixou claro à CVM que o BNDES não poderá coordenar a sua possível venda, lembrando que o processo tem de ser conduzido por um banco público.


Liminar suspende processo de liquidação do Ceitec pelo governo Bolsonaro

Justiça Federal no Rio Grande do Sul acatou pleito em ação civil pública e determinou a suspensão da assembleia que nomearia liquidante da estatal do chip, localizada em Porto Alegre.

Bolsonaro recoloca Jarbas Valente no comando da Telebras

Ex-conselheiro e vice-presidente da Anatel deixou a estatal para ser substituído por Waldemar Gonçalves Ortunho Junior, em abril de 2019, mas, agora, retoma à companhia com a nomeação do coronel para a direção da Agência Nacional de Proteção de Dados.

BNDES vai pagar R$ 8 milhões para preparar a venda do Serpro e da Dataprev

Consórcio vencedor reúne Accenture, a multinacional de RP Burson-Marsteller e o escritório Machado, Meyer, Sendacz, Opice e Falcão Advogados.

Governo alega prejuízo de R$ 10 bi e vai ao STF contra desoneração da folha

Benefício, que acabaria este ano, foi prorrogado para dezembro de 2021, por decisão do Congresso Nacional, que derrubou o veto do governo. A desoneração da folha é considerada essencial para as empresas de TI e Telecom. Governo diz que medida é inconstitucional.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G