GESTÃO

Governo adota sistema do Serpro para vender imóveis 100% online

Convergência Digital* ... 27/07/2020 ... Convergência Digital

O governo federal começou a oferta pública do maior leilão de imóveis da União e com um sistema desenvolvido pelo Serpro o processo será totalmente pela internet. A partir desta segunda, 27/7, estão disponíveis 109 imóveis, distribuídos em sete estados – com valor mínimo conjunto de R$ 99 milhões. Outros 907 prédios, lojas, terrenos, salas e apartamentos, estimados em R$ 1,7 bilhão, estão na fila. 

O sistema de concorrência eletrônica está no Portal de Imóveis da União. Os imóveis federais disponíveis para licitação podem ser visualizados e adquiridos por qualquer cidadão que tenha acesso à internet. Para participar da concorrência pública, o interessado deverá fazer o credenciamento prévio no Portal Gov.br. 

Depois, basta apresentar a proposta, que deve ser igual ou superior ao preço de avaliação. A partir de então, o interessado se torna um licitante e passa a receber informações de como proceder durante concorrência virtual. Para ser habilitado, deverá ser feita uma caução correspondente a 5% do valor de avaliação da propriedade.

No site, os bens podem ser filtrados por valor ou pela localização por estado ou município. Há, ainda, a avaliação, identificação do respectivo edital e mapa com localização. Em caso de licitação deserta ou fracassada, será permitida a venda direta. O ambiente que tratará dessa forma de aquisição ainda está em construção e a previsão é de que esteja em funcionamento até o final deste ano.

A venda online começa com 24 editais de concorrência pública que totalizam a oferta de 109 imóveis da União – 44 no Mato Grosso do Sul, 32 em São Paulo, 20 no Distrito Federal, sete no Rio de Janeiro, dois em Pernambuco, dois no Piauí, um em Minas Gerais e um no Amapá.


Carreira
STF: Terceirizados e empregados de empresa pública podem ter salários diferentes, mesmo com as tarefas iguais

Decisão foi tomada por maioria dos votos e leva em conta a Lei da Terceirização, que reconheceu a constitucionalidade da terceirização tanto da atividade-fim quanto da atividade-meio. A ação envolveu uma funcionária terceirada da Caixa Econômica Federal.

Plataforma online vai integrar pagamentos ao Tesouro Nacional

Empresas que prestam serviço de recolhimento de valores poderão se credenciar ou integrar suas soluções ao PagTesouro.

Empresas estão longe de priorizar a LGPD, adverte a EY

"Nem dois anos ou mesmo o dobro deste tempo serão suficientes para a empresa que não colocar a privacidade de dados como prioridade", afirma Marcos Sêmola, sócio-líder da EY para Cybersegurança.

Dataprev lança ferramenta para acesso online à bolsa de qualificação profissional

Bolsa é uma das alternativas à demissão nos casos de suspensão de contrato de trabalho motivados pela pandemia de Covid-19. 

LGPD: quase 90% das empresas abandonam adequação e culpam a Covid-19

Estudo mostra que boa parte das organizações deixou de lado os ajustes dos sistemas, até pela indefinição política do tema.




  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G