Clicky

Home - Convergência Digital

TICs podem trazer economia anual de R$ 266 mil em uma fazenda de 1,5 mil hectares

- 04/05/2021

Ao representar a ConectarAGRO, associação lançada em 2020 com o propósito de fomentar o ecossistema de conectividade rural, o diretor de novos negócios da Nokia no Brasil, Renato Bueno, revelou dados de um estudo feito pela entidade para medir o impacto do uso da tecnologia no campo. Segundo ele, cinco casos mais comuns do uso da TI foram avaliados: gestão de agroquímicos, gestão de combustíveis, gestão de pessoas, manutenção e segurança em uma fazenda de 1,5 mil hectares por um ano.

O levantamento constatou que a gestão em tempo real da aplicação de defensivos agrícolas, evitando sobreposição e desperdício, leva a uma eficiência de 4% na aplicação de defensivos. Em lavouras de algodão, milho e soja, que têm gasto médio por ano de R$ 3 mil reais, significam R$ 184 mil de economia. O levantamento foi divulgado no evento AGROtic 2021, realizado pela Momento Editorial.

Na gestão de pessoas, o cálculo é de um ganho de 2% de produtividade, o que representa R$ 18 mil anuais. Aplicações de manutenção preditiva, que podem identificar desgaste de peças, de motores, e orientar a intervenção antes de o equipamento quebrar, ampliam a produtividade em até 2%. “E em segurança, a gente vive vandalismo, roubo no campo infelizmente. E monitorar isso com equipes, pode trazer redução de quase 50% dos gastos anuais com isso”, exemplificou Bueno.

O estudo conclui que uma fazenda de 1,5 mil hectares do Mato Grosso, produtora de algodão, soja e milho, a partir do maior uso de tecnologia obtém economias anuais de R$ 266 mil. O que equivale a uma redução de custos médio de R$ 177 por hectare por ano.

Fonte: portal Telesíntese

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

09/06/2021
Banda larga fixa perde quase 700 mil acessos ativos em abril

01/06/2021
Ativado cabo submarino de fibra óptica que liga Brasil à Europa

01/06/2021
Vivo reage aos rivais na disputa pela ultra banda larga em São Paulo

26/05/2021
Quem ganha mais com as redes neutras é o consumidor

12/05/2021
Pequenos provedores lideram oferta de banda larga em 20 estados

11/05/2021
Fornecedora de infraestrutura oferece 100 vagas gratuitas para curso de técnico em fibra óptica

08/05/2021
Algar Telecom vai às compras e paga R$ 600 milhões pela Vogel Telecom

04/05/2021
TICs podem trazer economia anual de R$ 266 mil em uma fazenda de 1,5 mil hectares

29/04/2021
Claro reage à Oi; oferece 500 Mega e reduz custo do pacote de ultra banda larga

19/04/2021
Vivo expande franquia Terra Fibra para Mato Grosso do Sul

Destaques
Destaques

Open RAN é para 5G senão vai ter muita confusão entre fornecedores

Há uma determinação que Open RAN é release 16, então o Open RAN não será para o 4G, sustenta o head de tecnologia da Nokia para América Latina, Wilson Cardoso. "Um bite errado, simplesmente não vai funcionar", adverte.

IBM: Com 5G e Edge, redes das teles serão plataformas definidas por software

Só assim as operadoras de telecomunicações vão ser capazes de suportar as novas aplicações e terão como monetizar volumes crescentes de dados habilitados para o 5G e edge aponta estudo global da IBM, conta a líder de serviços de consultoria para a indústria de mídia e Telecomunicações da IBM América Latina, Marisol Penante.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Serviços de Valor Agregado são a aposta das teles para lucrar com 5G

Por Luiz Pereira*

Em tempos nos quais o serviço de conexão já virou commodity, companhias do setor precisam diversificar ofertas para aproveitarem nova tecnologia.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site