TELECOM

Bolsonaro recebe presidente global da Telefónica

Convergência Digital* ... 03/09/2019 ... Convergência Digital

O presidente Jair Bolsonaro recebeu em audiência nesta terça-feira, 03/09, o presidente global da Telefónica, José Maria Pallete. O executivo, que foi acompanhado pelo presidente da Vivo Brasil, Christian Gebara. Participaram ainda da audiência o diretor global de comunicações, marca, public affairs e sustentabilidade, além de presidente do conselho da Telefônica Brasil, Eduardo Navarro. Pelo governo, a audiência contou com a presença do ministro da Economia, Paulo Guedes.

Em nota oficial divulgada pela operadora, Pallete veio ao País para reforçar "a absoluta confiança da empresa no país, que se reflete nos investimentos que a Telefônica Vivo vem fazendo para tornar o país cada vez mais digital e conectar mais pessoas em todo o território nacional."

Considerando o triênio 2018-2020, a Telefônica Vivo apresentou um total de R$ 26,5 bilhões de investimentos no Brasil, praticamente R$ 9 bilhões por ano. Pallete confirmou o fato de a empresa ser o maior investidor estrangeiro do país com R$ 400 bilhões, desde 1998.

Mesmo com a nota oficial da Telefónica não tocar no assunto é fato que o Congresso Nacional está com um tema relevante às operadoras para votação: A mudança do Marco regulatório, por meio do PLC 79/16, que troca as concessões para o regime de autorizações ampliando os investimentos na banda larga. Também está à mesa o modelo que a Anatel irá adotar para a chegada do 5G no País.

 


Internet Móvel 3G 4G
Infobip e GSMA para oferecer proteção à identidade digital

Os serviços de identificação móvel por meio de SIMs vão gerar US$ 7 bilhões às operadoras em 2024, um impulso de 800% em relação a 2019, de acordo com a Juniper Research.

Reclamações contra oferta de banda larga crescem 40% com a quarentena da Covid-19

Queixas na Anatel cresceram especialmente a partir de março. No conjunto dos serviços, agência recebeu 1,52 milhão de reclamações entre janeiro e junho. Também houve um aumento de 20% com relação à telefonia móvel.

Oi quer corte de dívida com Anatel por desequilíbrio na concessão

“Tem que fazer um PGMU mais leve para que a gente possa respirar”, defende a diretora regulatória, Adriana Costa. Anatel esclarece que concessão não é sinônimo de lucro garantido. 

Huawei defende reserva de 500 MHz da faixa de 6GHz para as teles

Para o diretor da Huawei Brasil, Carlos Lauria, a reserva técnica é a melhor garantia para aguardar a evolução da tecnologia. "Se der tudo agora, não tem como voltar atrás depois", observa o executivo.

Qualcomm defende faixa de 6GHz para não licenciados atenta ao 5G

Diretor da Qualcomm, Francisco Soares, espera que a Anatel se defina por dar os 1,2GHz para os serviços licenciados. "O 6GHz não licenciado será o complemento ideal para os serviços licenciados 5G", sustenta.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G