Home - Convergência Digital

Com salários pagos, trabalhadores da Vikstar/Vivo lutam por empregos

Ana Paula Lobo - 15/04/2021

Com os salários de abril depositados pela Vikstar, operadora terceirizada de call center da Vivo, os trabalhadores voltaram ao trabalho, mas a maior preocupação deles agora é manter os empregos, mesmo que venha a acontecer o rompimento efetivo do contrato de serviço entre a Vikstar e a Vivo, em julho, como já anunciado pela própria Vivo.

No Piauí, por exemplo, a Vikstar emprega 2400 pessoas e é uma das maiores empregadoras da capital do estado. "Não podemos perder esses empregos em Teresina. São 2400 postos. É um forte impacto. Queremos que a Vivo assegure que não vai migrar esses postos para outra cidade ou Estado", afirmou João Moura Neto, presidente do Sinttel-PI e da Fitratel, federação que reúne sindicatos de trabalhadores do setor de telecomunicações.

O sindicalista informa que a Vivo se comprometeu em audiência de mediação no Tribunal Regional do Trabalho que o passivo trabalhista da Vickstar será pago aos trabalhadores. Mas os trabalhadores se mobilizam por uma articulação para a operadora garantir que, mesmo trocando de terceirizada de call center, que não retirará os postos de trabalho em Teresina. "Vamos ter uma audiência no TRT no dia 22 de abril e vamos firmar mais compromissos para o futuro. A manutenção dos empregos é essencial", observou João Moura Neto.

Para ele, o sucesso das negociações aconteceu pela articulação nacional dos trabalhadores da Vickstar - cerca de 8 mil - em São Paulo, Paraná e no Piauí. "Fizemos um trabalho para ajudar a todos. Nossa preocupação não é só com Teresina, mas também com Votuporanga e Barretos. Queremos que o máximo de trabalhadores possam vir a ser realocados se realmente o contrato entre a Vikstar e a Vivo for encerrado em julho. Em todas as cidades, essas vagas são sustento do desenvolvimento econômico e social", completa João Moura Neto.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

04/05/2021
Um terço dos trabalhadores de call centers sofre distúrbios psíquicos

03/05/2021
Vickstar/Vivo não cumpre acordo e 2400 trabalhadores entram em greve em Teresina

29/04/2021
CADE aprova compra de torres da Vivo pela American Tower

29/04/2021
Vivo Pay chega integrado ao Pix e disponível para não clientes

27/04/2021
Vivo abre 100 vagas no call center para pessoas com deficiência

26/04/2021
Hyndai Brasil contrata Vivo Empresas para carros conectados

19/04/2021
Vivo lança e-Sim IoT para expansão de negócios no Brasil

19/04/2021
Vivo expande franquia Terra Fibra para Mato Grosso do Sul

16/04/2021
Idec, TelComp, Algar, Sercomtel e Neo pedem ao Cade para barrar venda da Oi Móvel

15/04/2021
Com salários pagos, trabalhadores da Vikstar/Vivo lutam por empregos

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Trabalho híbrido, cloud, segurança, 5G: como fica o mercado de TI no Brasil?

Por Mauricio Suga*

A pandemia da Covid-19 e as mudanças decorrentes dela foram grandes aceleradores da transformação digital, tanto no Brasil quanto a nível mundial. Mudamos a maneira como trabalhamos e entendemos o local de trabalho, como gerimos e nos relacionamos com equipes e, também, revisitamos as prioridades de investimentos organizacionais, sejam elas de curto ou longo prazo.

Destaques
Destaques

TIC incorporou 59 mil novos profissionais e gerou 1,62 milhão de empregos em 2020

Apesar da adversidade econômica e social com a Covid-19, TIC manteve a empregabilidade em alta. "Respondemos à desoneração da folha de pagamentos cumprindo o que nos cabia. Gerar empregos", afirmou o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.

Marcos Pontes: O Brasil dá muito pouco valor ao ensino técnico

Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação advertiu que no Brasil esse apoio está muito aquém do desejado. Marcos Pontes também defendeu a concessão de incentivo para a contratação de mestres e doutores pelas empresas privadas.

Receita Federal: Saiba como declarar jornada reduzida no Imposto de Renda

A maior parte dos funcionários do setor de TICs foi incluído no Benefício Emergencial de Preservação de Emprego e da Renda (BEm) em 2020 como medida para aliviar o impacto econômico da Covid-19. Fisco orienta como acertar as contas.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site