INCLUSÃO DIGITAL

Brasileiro perdeu a mão e precisa reencontrar o rumo na Internet

Ana Paula Lobo e Pedro Costa ... 13/03/2020 ... Convergência Digital

A Internet não é uma rede mundial de computadores, mas sim uma rede mundial de pessoas, definiu o jornalista Marcelo Tas, ao participar de debate sobre 'Quem sou eu na Internet', promovido pelo CAIS/RNP na 14ª edição do Dia Internacional de Segurança em Informática (DISI), nesta sexta-feira, 13/03, no Rio de Janeiro.

Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, Marcelo Tas alertou que há um interesse muito grande em usar a Internet de uma maneira não civilizada. "Isso é uma enrrascada para todo mundo, inclusive, para quem acha que está ganhando neste momento. Somos muito criativos no uso da rede, mas as oportunidades diante de nós não estão sendo bem aproveitadas. Não existe um vencendor momentâneo que consiga sobreviver fazendo tramoia em um mundo como a Internet que exige cada vez mais transparência", afirma.

A educação digital - tão urgente, uma vez que o brasileiro perdeu a mão no uso da Internet com ações cada vez mais de incivilidade- é uma responsabilidade de todos, especialmente, quando se fala de crianças e jovens. Para Marcelo Tas, os pais em casa têm essa missão e os professores na escola têm essa missão, assim como os líderes empresariais, que cada vez mais usam a Internet para fazer seus negócios. Tratar a informação da melhor maneira possível faz e fará cada vez mais a  diferença. "Buscar o discernimento vale ouro. A colaboração para fazer a informação é a realidade. Não há mais 'donos' da informação. Todos o são no mundo da rede", adverte. Assistam a entrevista com o jornalista Marcelo Tas.


Agricultura: Mais de 5 mil torres poderiam ser usadas para levar banda larga à área rural

Estudo do Ministério da Agricultura mostra que o Brasil possui 82 mil torres com antenas celulares e seria possível, no curto prazo, usar parte delas para levar conexão ao campo.

Provedores Internet superam teles e massificam banda larga fixa no País

Os PPPs encerraram 2019 com 9.881.911 de acessos, à frente da Claro com 9.578.629, da Vivo (7.024.007) e da Oi (5.255.766).

Saldo de R$ 1,2 bilhão vai para transmissores em cidades pequenas e banda larga na Amazônia

Divisão dos recursos já é considerada como questão pacificada entre  as operadoras móveis e as emissoras de TV. 

Mais da metade das mulheres no mundo está sem acesso à Internet

União Internacional de Telecomunicações adverte que o sexo feminino é o mais afetado pela desigualdade no acesso à banda larga, em especial, nos países em desenvolvimento.

Huawei: nação digital é o último estágio da transformação digital

Conceito ainda é muito novo, mas engloba o uso e a análise dos dados para retroalimentar produtos e processos, conta o diretor de Comunicação e Relações com o Governo da Huawei Brasil, Juelinton Silveira.

Audima cria ferramenta para levar conteúdo aos analfabetos digitais

A partir da própria dor, uma vez que tem dislexia, Paula Pedrosa criou a Audima, uma startup que transforma palavras em áudios. "O império da visão exclui muita gente. Nosso desafio, hoje, é mostrar que inclusão monetiza", observa a executiva.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G