Clicky

Home - Convergência Digital

Vitor Menezes, Minicom: Vamos brigar por um leilão 5G não arrecadatório

Luís Osvaldo Grossmann - 22/09/2020

O Ministério das Comunicações sinalizou às operadoras que trabalha para convencer os colegas de Esplanada a concentrar os valores envolvidos no leilão do 5G em compromissos de cobertura, minimizando o preço a ser pago ao Estado. Como apontou o secretário de Telecomunicações, Vitor Menezes, ao participar do Painel Telebrasil 2020, esse é o caminho para preservar a política pública. 

“Quero deixar um recado para dizer que concordamos plenamente com o leilão não arrecadatório. Tem sido uma declaração constante do nosso ministro e também uma conversa constante que ele tem tido com os demais setores do nosso governo. Vamos brigar por isso”, afirmou o secretário nesta terça, 22/9, em painel sobre o cenário setorial. 

“Estamos na mesma sintonia e essa também é nossa prioridade, garantir que o leilão do 5G seja convertido em investimentos no país”, insistiu Menezes, lembrando que o destino desses investimentos já foram indicados pelo próprio governo. 

“Na Portaria que estabeleceu as políticas públicas para a tecnologia de quinta geração já colocamos quais são os compromissos prioritários de investimento, coberturas rurais, rodovias federais, fibra óptica, 4G em localidades, tudo isso já está previsto. Mas para que isso seja cumprido precisamos ter um leilão que enderece essas questões como forma de compensação pela aquisição do espectro.”

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

27/11/2020
Teles: restrição a fornecedores é um risco ao 5G e aos consumidores

26/11/2020
Palo Alto: É um erro enorme repetir o passado e não tornar a nuvem aberta de verdade

24/11/2020
Leilão 5G: Embaixada da China reage forte contra filho do presidente Jair Bolsonaro

24/11/2020
Minicom se diz cobrado por Bolsonaro para fazer o leilão 5G

24/11/2020
Highline compra Phoenix Tower e passa a deter 3,2 mil torres no Brasil

19/11/2020
Qualcomm e Nokia: Ondas milimétricas são a mudança do modelo de negócio no 5G

18/11/2020
Anatel: Cibersegurança em Telecom une teles e os mais de 10 mil prestadores de serviços SCM

17/11/2020
TBNet fecha parceria com tele para transformar 23 mil ATMs em hotspots Wi-Fi 5G

16/11/2020
EUA autorizam Qualcomm a exportar chips 4G para Huawei, mas proíbe o 5G

13/11/2020
Oi avalia 5G para usar 3,5 GHz em banda larga fixa

Destaques
Destaques

Aos 23 anos, Anatel lista 5G como próximo desafio

“Entre os desafios que nos aguardam, a economia brasileira precisa ter sua digitalização aprofundada, a conectividade precisa se tornar mais real na vida dos brasileiros”, destacou o presidente da agência, Leonardo de Morais, também ressaltando a segurança cibernética e renovação das concessões em 2025.

Classes D e E só têm o celular para teletrabalho e aulas remotas

Quase 40% dos alunos usam apenas os celulares para acompanhar as aulas online no Brasil, revela a 3ª edição do Painel TIC Covid-19, do CGI.br. No levantamento, porém, 36% dos alunos reclamam da baixa qualidade da conexão à Internet.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

IoT e os novos negócios e aplicações para o mercado de energia

Por Pedro Al Shara*

Analistas de mercado estimam que o impacto da Internet das Coisas na economia alcance de 4% a 11% do Produto Interno Bruto do planeta em 2025.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site