Clicky

GOVERNO

Governo descarta avanço do Serpro sobre mercado privado

Convergência Digital* ... 09/10/2019 ... Convergência Digital

Preocupada com as indicações de que o Serpro teria intenção avançar na oferta de serviços de TI e conquistar clientes que hoje são atendidos por empresas privadas, a Assespro Nacional foi ao Ministério da Economia buscar esclarecimentos e ouviu que, ao contrário das declarações recentes, não há intenção de ampliar a participação da estatal antes de uma eventual privatização. 

Representantes da entidade reclamaram de afirmações recentes do presidente da estatal, Caio Paes de Andrade, de que só em 2019 o Serpro já conquistou cerca de 800 clientes que estavam com o setor privado, chegando a 1,3 mil, com meta de ampliar esse número para 4 mil até o fim de 2020, conforme afirmou o executivo em entrevista à agência Reuters. 

Além de uma nota oficial em que a Assespro diz que “o plano de negócios do Serpro ameaça tirar mercado das empresas brasileiras”, os representantes da entidade, que representa 2 mil empresas de TI, se reuniram na terça, 8/10, com o secretário de Desestatização da pasta, José Salim Mattar. 

“Na reunião, Mattar garantiu que, ao contrário do que disse o presidente do Serpro, Caio Paes de Andrade, eles não vão aumentar a participação no mercado privado antes de estatizar a empresa”, relata o presidente da Assespro Nacional, Italo Nogueira. 

Segundo ele, “não é razoável que um governo que prega o liberalismo aceite uma intervenção de um órgão estatal no nosso mercado. Quem quiser empreender e gerar empregos no setor de TIC será muito bem-vindo, mas com nossos recursos de impostos, nossos dados, querer concorrer com nossas empresas é inaceitável”.

* Com informações da Assespro


LGPD: cidadão vai controlar dados pessoais pelo portal Gov.br

Promessa é secretário de governo digital do Ministério da Economia, Luis Felipe Monteiro. Plataforma permitirá ao cidadão revogar autorizações, ou reclamar à CGU.

Economia será o 'tinder' do financiamento para evitar desperdício no governo digital

“Não faz sentido um estado investir em uma identidade digital se já temos uma no governo, ou dois municípios gastarem com plataforma de gestão de tributo local”, explica o secretário Luis Felipe Monteiro.

Estados e municípios vão ficar com US$ 1 bilhão do BID para digitalização

Ao Convergência Digital, o secretário de governo digital, Luis Felipe Monteiro, assegura: “Impacto na economia vai chegar a R$ 100 bilhões."

Deputados aprovam urgência para o PL de privatização dos Correios

União teria a obrigação de  prover o serviço postal universal, que inclui encomendas simples, cartas e telegramas. Todos os outros produtos poderão, se o PL 591/21 for de fato aprovado no Congresso Nacional, serem repassados à iniciativa privada.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G