Convergência Digital - Home

Serpro vai oferecer Dados como Serviço ao Comando da Aeronáutica

Convergência Digital
Convergência Digital - 24/01/2020

Quem comprar o Serpro - uma vez que a estatal de TI está oficialmente no programa nacional de privatizações- vai herdar uma série de contratos relevantes na prestação de serviços ao Governo Federal. Um deles foi publicado nesta sexta-feira, 24/01, no Diário Oficial da União. O Comando da Aeronáutica, no Rio de Janeiro, contratou o Serpro para receber Dados como Serviço, até dezembro de 2020, pelo valor de R$ 402 mil.

Na prática, o serviço de DaaS - Dados como Serviço - consiste na concessão de acesso online, por meio de interfaces padrão, ao barramento de dados (bancos virtualizados) para extração de dados brutos dos sistemas a serem compartilhados entre órgãos e entidades da administração pública federal direta e indireta e, demais entidades controladas direta ou indiretamente pela União.


Recrutadores e a dura tarefa de contratar cientistas de dados

O maior gargalo é encontrar profissionais adequados às demandas das empresas e o Brasil, hoje, é um exportador de talentos para outros países.

Destaques
Destaques

Metade das empresas no Brasil não confia na própria análise dos dados

Levantamento da Serasa Experian mostra ainda que 42% das companhias brasileiras admitem perder dinheiro com a má qualidade das informações. Má governança é vista como um desafio a ser superado. O mais grave: mais de 70% destão sem estratégia para superar essa etapa.

Dataprev vai comprar Inteligência Artificial e exige uso da nuvem pública

Estatal de TI não revela o montante a ser pago, mas diz que contrato será de 24 meses e inclui capacitação técnica dos funcionários, no modelo de serviços por demanda. Propostas devem ser enviadas até o dia 20 de julho.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Transformação digital exige eficiência no gerenciamento

Por Luiz Fernando Souza*

Prevenir é sempre melhor do que remediar. Essa é uma máxima que precisa ser aplicada à transformação digital, e vale quando falamos da gestão dos servidores. E as razões são simples: é menos sofrido, menos dolorido e mais barato manter uma rotina de trabalho focada na manutenção, preservando com inteligência dados e sistemas.

Jornada para a nuvem: evite as armadilhas e faça a coisa certa

Por Fábio Kuhl*

Até bem pouco tempo, a nuvem era inovação, hoje me arrisco a dizer que, em breve, uma commodity.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site