Clicky

NEGÓCIOS

Fujifilm ameaça abandonar acordo de US$ 6.1 bilhões com a Xerox

Convergência Digital ... 07/06/2018 ... Convergência Digital

A japonesa Fujifilm Holdings informou nesta quinta-feira, 07/06, que pode não ter escolha a não ser abandonar uma fusão de 6,1 bilhões de dólares com a Xerox se não houver progresso nas negociações com o novo conselho de administração da empresa norte-americana nos próximos seis meses.

“Eu não tenho um prazo específico em mente, mas normalmente seria de alguns meses a seis meses. Se nós não tivermos nada até lá, isso não poderá ser evitado”, disse o presidente-executivo Shigetaka Komori, em seu primeiro encontro com a imprensa desde que a Xerox desmantelou seu acordo de fusão.

As duas empresas acertaram em janeiro um acordo complexo que fundiria a Xerox à Fuji Xerox, na qual a Fujifilm teria o controle, com uma participação de 50,1%. No mês passado, porém, a Xerox desmantelou o negócio ao fechar um acordo com os investidores Carl Icahn e Darwin Deason, que se opuseram à aquisição pela Fujifilm, com a argumentação que a fusão desvalorizava a empresa norte-americana.

A Fuji Xerox, detida 75% pela Fujifilm, pode crescer sozinha, mas a Xerox depende da Fuji Xerox para produzir quase todas as máquinas copiadoras dos Estados Unidos, lembrou o presidente-executivo, Shiegetaka Komori. Sob o acordo atual de joint venture, a Fuji Xerox está voltada para a região Ásia Pacífico —área com o maior crescimento potencial— enquanto a Xerox cobre o restante. Os termos sobre cobertura regional vencem em março de 2021.


Cloud Computing
Tomada de decisão de compras ainda é feita com análise manual de dados

Pesquisa mostra que medida é usada por 49% dos gestores ouvidos em 21 países, inclusive no Brasil. Quase 80% dos entrevistados admitiram ainda não terem uma visão clara, automática e em tempo real das despesas em geral.

Motorola Solutions incorpora banda larga em rádio digital e acirra disputa por redes privadas

Apesar de desconversar sobre uma possível rivalidade com as teles, a fabricante incorpora chips 3G e 4G ao rádio digital usado em aplicações de missão crítica. Equipamentos ainda não foram testados no Brasil, mas expectativa é ter pilotos no segundo semestre.

Covid-19 impõe mais investimentos em TI nas empresas brasileiras em 2021

Segurança da Informação, inteligência de dados, com Big Data e Analytics, e a nuvem pública são os principais itens de investimentos em TI ao longo do ano, revela a IDC. Crescimento do segmento deverá ficar em 7,1%. Telecom, por sua vez, deverá ter um impulso bem menor, 1,9%.

Empresas de Internet lideraram fusões e aquisições em TIC no Brasil

Tecnologia da Informação veio em segundo lugar, de acordo com o estudo da KPMG. Segundo a consultoria, foram realizadas 1.117 fusões e aquisições no Brasil em 2020. A presença dos fundos de Venture Capital foram relevantes para os novos negócios.

No melhor momento em 30 anos, indústria de semicondutores quer Padis até 2029

Fábricas no Brasil tocam a transição para os modelos SSD e respondem ao aumento na demanda das memórias, mas temem o fim dos incentivos em 2022. 



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G