Clicky

Home - Convergência Digital

Escassez de chips para celular ainda dura mais dois anos

Convergência Digital* - 14/05/2021

O presidente da IBM, Jim Whitehurst, indicou que uma atual escassez de chips que afeta a produção de smartphones pode durar mais dois anos, com a empresa preparando medidas alternativas para atender à demanda.

Whitehurst disse à BBC que levará tempo para a indústria adicionar a capacidade necessária para aliviar a atual escassez, observando que o impacto abrangeu o setor mais amplo de eletrônicos de consumo, além de smartphones.

O executivo explicou que um aumento na demanda por eletrônicos de consumo estimulado pela pandemia de Covid-19 (coronavírus) teve um papel importante, com os problemas da Huawei nos EUA também tendo um impacto notável no fornecimento.

Whitehurst disse à BBC que há uma “grande defasagem” entre o desenvolvimento de uma tecnologia e a fabricação de chips. Para aliviar isso, a IBM está procurando reutilizar e estender a vida útil de algumas tecnologias, juntamente com a aceleração do investimento em fábricas para aumentar a capacidade.

Outras empresas de chips, incluindo Qualcomm e TSMC, também notaram o impacto da escassez, embora a empresa norte-americana espere uma melhora significativa até o final do ano, com os negócios taiwaneses inclinando a situação para persistir em 2022.

* Com informações do MWL

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

18/06/2021
EUA dão subsídio pesado para ter de volta fabricação de semicondutores

25/05/2021
EUA planejam pelo menos 10 fábricas de chips com aporte de US$ 150 bilhões

14/05/2021
Escassez de chips para celular ainda dura mais dois anos

11/05/2021
Gigantes de TIC fazem lobby por subsídio de US$ 50 bilhões para fabricação de chips nos EUA

12/04/2021
Memória e chipsets 5G puxam alta de 10% nos semicondutores em 2020

03/02/2021
No melhor momento em 30 anos, indústria de semicondutores quer Padis até 2029

02/02/2021
Com atraso, novo sistema de incentivo fiscal passa a incluir semicondutores

14/09/2020
Nvidia compra Arm por R$ 212 bilhões e mira celulares, IoT e nuvem

15/06/2020
Indústria de semicondutores reage à liquidação da Ceitec

11/05/2020
Governo dos EUA pressiona por fábrica estatal de chips

Destaques
Destaques

IBM: Com 5G e Edge, redes das teles serão plataformas definidas por software

Só assim as operadoras de telecomunicações vão ser capazes de suportar as novas aplicações e terão como monetizar volumes crescentes de dados habilitados para o 5G e edge aponta estudo global da IBM, conta a líder de serviços de consultoria para a indústria de mídia e Telecomunicações da IBM América Latina, Marisol Penante.

GSMA faz ofensiva para reverter decisões a favor do Wi-Fi na faixa de 6GHz

Associação da indústria móvel admite, porém, que os países, na sua maioria, estão decidindo por dar a faixa de 6GHz, com 1200 Mhz, para os serviços não-licenciados, mas adverte: o 5G vai precisar de 2GHz de espectro na próxima década para oferecer todo o seu potencial.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Serviços de Valor Agregado são a aposta das teles para lucrar com 5G

Por Luiz Pereira*

Em tempos nos quais o serviço de conexão já virou commodity, companhias do setor precisam diversificar ofertas para aproveitarem nova tecnologia.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site