NEGÓCIOS

TS Shara: variação da energia no Brasil é risco para o mundo hiperconectado

Ana Paula Lobo e Fábio dos Santos ... 11/11/2019 ... Convergência Digital

Fabricante nacional com 30 anos de atuação, a TS Shara, especializada em nobreaks e estabilizadores de tensão, está investindo na produção local de inversores para suportar as variações bruscas no fornecimento de energia no País, revela o diretor comercial e de marketing da companhia, Jamil Mouallem.

Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, durante a Futurecom 2019, realizada de 28 a 31 de outubro, em São Paulo, o executivo sustenta que Telecom e convergência digital são oportunidades para novos negócios. "O sistema de telecom ainda utiliza 48 volts de corrente contínua. Os sistemas novos, como os voltados para edge computing, já estão migrando para 110 volts. Isso tudo exige equipamentos robustos para suportar o processo. O processamento paralelo exige um ambiente seguro de energia", acrescenta Mouallem.

Com uma fábrica de oito mil metros quadrados em São Paulo, a TS Shara admite que investir no Brasil não é uma tarefa simples. "Mesmo com os incentivos é preciso muita determinação", observa. Para 2020, o executivo diz que há muito por investir. "Energia é um ponto crítico para esse mundo hiperconectado", adiciona. Assista a entrevista com o diretor comercial e de marketing da TS Shara, Jamil Mouallem.


Cloud Computing
SP inaugura ensino à distância com nuvem da AWS e internet negociada com Vivo, Claro, TIM e Oi

Secretaria de Educação vai firmar acordo com operadoras para patrocinar internet a alunos e professores. Sistema terá aulas ao vivo com professores da rede pública, com interações por meio de chat e vídeos. 

Depois de vários nãos, Covid-19 faz Xerox desistir de oferta hostil pela HP

Aquisição, agora, é considerada muito arriscada. Proposta feita era de US$ 35 bilhões.

Big data e IA para saúde fazem Semantix comprar a Tradimus

Empresa brasileira adquiriu solução voltada para gestão dos recebimentos de pagamentos das seguradoras e operadoras de planos de saúde pelos serviços prestados. Valor da transação não foi revelado pelas partes.

Fenainfo faz manifesto pela retomada das atividades econômicas

Entidade, que reúne mais de 120 mil empresas de TI, afirma que 'diante da paralisação de muitos dos seus clientes, as empresas de TI também correm o risco de parar'.

Coronavírus: Generali amplia uso de PC alugado da Simpress por home office

Seguradora decidiu dobrar a quantidade de equipamentos contratados por outsourcing para manter o funcionamento dos negócios. CEO da Simpress, Vittorio Danesi, diz que, em sete dias, foram alocados mais de três mil notebooks em distintos clientes.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G